O mercado fecha em:

Top 5 Por Posição, Cartola Fc 2020: Rodada 30

Toda rodada, iremos indicar os top 5 jogadores por posição visando pontuação no Cartola FC!

Postado em: 14 de janeiro de 2021
Atualização: 15 de janeiro de 2021
Tempo de leitura: 7 minutos

Salve, Cartoleiro(a) Mix!
Mais um ano de Cartola FC e com ele. Ano entra, ano sai, mas só aqui no Cartola Fc Mix você entra as melhores dicas. Para quem não nos conhece, somos a Gabi e Jeh e escrevemos para o Cartola Fc Mix há 8 anos através do Donas do Cartola!

Na 29ª rodada conseguimos indicar boas opções, sendo elas: Jean (Atlético-GO), Santos (Athletico-PR), Rodrigo Moledo (Internacional), Sabino (Coritiba), Guilherme Arana (Atlético-MG), Claudinho (RB Bragantino), Abel Braga (Internacional) e Abel Ferreira (Palmeiras).


O QUE É O TOP 5 POR POSIÇÃO?


O “Top 5 por Posição” nada mais é que uma expansão do nosso quadro cujo o nome é o mesmo, no youtube! Aqui, vamos citar as melhores opções por posição no nosso ponto de vista!

Sem mais delongas, corre pro youtube, se inscreve no canal e acompanhe também as dicas por aqui!


TOP 5 JOGADORES POR POSIÇÃO


GOLEIROS

Marcelo Lomba (Internacional) – Opção mais segura visando um possível SG uma vez que o time do Internacional teve uma melhora significativa e garantiu 3 SG’s na últimas 4 partidas.

Fernando Miguel (Vasco) – O goleiro possui média de 5,79 pontos em casa e enfrenta um Coritiba que cedeu em média para goleiros como visitante uma média de 3,78 pontos. O Vasco teve uma melhora após a chegada de Luxemburgo e jogando em casa contra um adversário direto deve ter mais um bom resultado.

Marcos Felipe (Fluminense) – Além de ser extremamente em conta e estar desvalorizado, o goleiro do Fluminense enfrenta o Sport que nos últimos 5 jogos como visitante cedeu 4 SG’s.

Santos (Athletico-PR) – O goleiro enfrenta o líder São Paulo, porém, o seu time defende uma marca de 4 jogos sem tomar gols. Com uma defesa sólida e a instabilidade do São Paulo que não vence há dois jogos, pode ser boa opção visando até mesmo um SG.

Tadeu (Goiás) – Sempre um bom nome visando DD’s. Um ponto negativo é que tem uma média muito baixa quando joga em casa, porém, acredito no poderio ofensivo do Flamengo em ceder DD’s ao nosso goleiro que até o momento já soma 34 no campeonato.

LATERAIS

Guilherme Arana (Atlético-MG) – Lateral muito ofensivo, não atoa joga como ponta na maioria das partidas que faz junto a Sampaoli. Com média de 6,53 pontos em casa, enfrenta o Atlético-GO que possui um dos piores ataques da competição até aqui, ou seja, além de aparecer bem ofensivamente, também pode ter SG.

Calegari (Fluminense) – Jogador barato e muito vultoso para o cartola na posição. Com média de quase 6 pontos jogando em casa, tem uma média excepcional de 4 desarmes por partida e enfrenta o Sport que nos últimos 5 jogos fora de casa, cedeu 4 SG’s.

Felipe Jonatan (Santos) – Costuma ser muito mais efetivo jogando fora de casa, porém, enfrenta o Botafogo que vem muito mal na competição e não fez gol nas últimas 3 partidas. Vale destacar que o jogador é o maior desarmador do game, com 82 desarmes no total.

Moisés (Internacional) – O Internacional de Abel Braga vem numa crescente muito boa com cinco vitórias consecutivas no Brasileirão. Além disso, não sofreu gols em 3 das últimas 4 partidas que disputou. Vale destacar também que o Fortaleza possui o 2º pior ataque da competição.

Yago Pikachu (Vasco) – Voltou a atuar como ponta com a chega de Luxemburgo e por esse motivo foi muito bem contra o Atlético-GO na rodada passada. Enfrentando o pior ataque e lanterna da competição, ainda pode aparecer com a bonificação do SG.

ZAGUEIROS

Victor Cuesta (Internacional) – O Internacional não tomou gol em 3 das últimas 4 partidas e vem de 5 partidas sem perder… O zagueiro não é o mesmo dos anos anteriores, mas possui a possibilidade de manter o SG contra o segundo pior ataque da competição.

Lucas Ribeiro (Internacional) – Opção mais em conta em relação a Victor Cuesta e que ao meu ver é uma boa também levando em consideração a dificuldade que o adversário Fortaleza vem tendo em fazer gols… Nas últimas 6 partidas o Fortaleza marcou um único gol!

Luan Peres (Santos) – O jogador possui quinze desarmes em cinco partidas no segundo turno do campeonato e enfrentará em casa o Botafogo que não fez gols em 4 das últimas seis partidas que realizou.

Pedro Henrique (Athletico-PR) – O Athletico vem fazendo ótimas partidas defensivamente falando e não tomou gol nos últimos 4 partidas… Mesmo enfrentando o líder, acredito em boa pontuação de Pedro Henrique, levando em consideração a dificuldade do São Paulo em jogar contra times que tem uma marcação mais forte, que é o caso de Pedro Henrique.

Réver (Atlético-MG) – Não acredito em SG do Atlético-MG na maioria das partidas, porém, é sempre interessante escalá-lo uma vez que raramente negativa, ou seja, é um zagueiro muito regular e enfrenta um Atlético-GO que possui um dos piores ataques da competição.

MEIAS

Vina (Ceará) – É indiscutivelmente um dos melhores jogadores do campeonato. Pelo menos pra mim (Gabi) é indispensável na maioria das rodadas pelo seu poderio ofensivo. Além disso, é o cobrador oficial das bolas paradas pelo time do Ceará e enfrenta o RB Bragantino que possui uma defesa muito instável e dificilmente sai de alguma partida sem tomar gols.

Arrascaeta (Flamengo) – Apesar da fase do Flamengo não ser das melhores, é sempre boa opção pelo seu poder decisivo. Vale destacar que o jogador enfrenta a segunda pior defesa do campeonato e com certeza deve deixar a sua marca.

Edenílson (Internacional) – Jogador coringa e que raramente negativa. Na ausência de Thiago Galhardo deve jogar um pouco mais adiantado.

Everton Ribeiro (Flamengo) – Opção mais barata em relação ao Arrascaeta, mas também muito boa. Vale destacar também que Everton Ribeiro além de ser boa opção visando os scouts principais, raramente negativa devido aos scouts secundários.

Gabriel Sara (São Paulo) – Mesmo estando em má fase o jogador costuma ser sempre boa opção devido aos scouts secundários. Vale destacar também que a sua média é maior fora de casa do que em casa, onde ele atua também ajudando na marcação e criando possibilidades de realizar desarmes.

ATACANTES

Marinho (Santos) – Com média de 13,19 pontos em casa, Marinho com certeza é sempre boa opção, ainda mais jogando em casa. Vale destacar que apesar dos scouts principais (15 gols e 6 assistências) serem surpreendentes, o jogador também se destaca no scout falta sofrida, onde em 22 jogos sofreu 100 e nos desarmes, com média de 1 por jogo (o que convenhamos é muito para um atacante).

Keno (Atlético-MG) – Decepcionou rodada passada, porém, vale destacar a sua regularidade, uma vez que ele não negativou nenhuma vez nas últimas quatorze rodadas em que esteve em campo. Além disso, costuma aparecer bem também nos scouts secundários e possui uma média de 8,66 pontos jogando em casa.

Cano (Vasco) – O Vasco teve uma melhora significativa com a chegada de Vanderlei Luxemburgo e além disso, o time enfrenta em casa o lanterna da competição. Vale destacar que o jogador fez gol em 5 dos últimos 10 jogos em que esteve em campo.

Yuri Alberto (Internacional) – Na ausência de Thiago Galhardo que está indisponível devido a uma lesão, será a referência no ataque do Internacional. Vale destacar que o jogador tem 5 gols após a chegada de Abel Braga.

Claudinho (RB Bragantino) – O jogador vem sendo um dos melhores do campeonato e mesmo quando passa em branco faz boas pontuações devido a sua regularidade também nos scouts secundários.

TÉCNICOS

Rogério Ceni (Flamengo) – Opção boa e barata. Precisa sair do sufoco e nada melhor que um time na zona de rebaixamento para isso.

Abel Braga (Internacional) – Enfrenta o segundo pior ataque da competição em casa e precisa vencer para sonhar com a liderança do campeonato.

Cuca (Santos) – Comanda um dos favoritos na rodada. O Botafogo não fez gol nas últimas 3 partidas e o Santos vive excelente fase.

Sampaoli (Atlético-MG) – Sempre boa opção em casa pela ofensividade do time mineiro.

Marcão (Fluminense) – Opção boa e barata. O Fluminense enfrenta o Sport que possui o segundo pior ataque da competição ao lado do Fortaleza, ou seja, exista e possibilidade de SG.


E é isso, pessoal… Até a próxima rodada!

24 anos, coração goiano morando em Niterói-RJ. Comando o Schincariol EC e garanto: "eu não tenho culpa de ter cerveja até no sobrenome".