O mercado fecha em:

Bons e Baratos, Cartola Fc 2020: Rodada 22

O Bons e Baratos tem o objetivo, como o próprio nome já diz, de citar opções de jogadores BONS e BARATOS por posição do Cartola FC.

Postado em: 21 de novembro de 2020
Atualização: 21 de novembro de 2020
Tempo de leitura: 4 minutos

Salve, cartoleiros (as) Mix! Pra quem não me conhece, eu sou a Gabi e escrevo para o Cartola Fc Mix há 8 anos. Esse ano serei a responsável pelas Dicas do Cartola Fc no quadro Bons e Baratos.

O QUE É O BONS E BARATOS?

O Bons e Baratos tem o objetivo, como o próprio nome já diz, de citar opções de jogadores BONS e BARATOS por posição. Aqui serão citados 3 jogadores por posição.

Vale lembrar da importância da valorização, onde quanto menos você gastar, mais chances você terá de valorizar!


BONS E BARATOS #22 RODADA


GOLEIROS

Luan Polli (Sport) – Com três jogos consecutivos sem levar gol nas partidas em que atuou, tem potencial de não ser vazado novamente, em casa, contra o Atlético Goianiense. O Dragão cedeu quatro SGs nas últimas seis partidas em que atuou como visitante no Brasileirão e a tendência é que este cenário se repita na segunda-feira.

João Paulo (Santos) – Recuperado da Covid-19, um dos destaques do Peixe deve retornar à meta neste fim de semana e está desvalorizado, com boas chances de render cartoletas. Atuando contra um Athletico que deu duas defesas difíceis, cada, para Tadeu e Felipe Alves nas últimas rodadas, o jovem arqueiro pode pontuar bem novamente na Arena Da Baixada.

Muriel (Fluminense) – Nas partidas em que atuou como visitante, negativou apenas uma vez. Jogando diante de um Inter recém eliminado da Copa Do Brasil e que consagrou o goleiro do Santos na última rodada, não seria surpreendente se o ex-arqueiro do Colorado se destacasse no domingo.

LATERAIS

Diogo Barbosa (Grêmio) – Depois de uma atuação convincente na Copa Do Brasil, o Imortal, mesmo fora de casa, tem potencial para não sofrer gol diante de um Corinthians que está enfrentando muitas dificuldades contra os primeiros colocados. Com uma média superior a dois desarmes por partida, o defensor mostra regularidade e ainda está desvalorizado, com boas chances de render cartoletas.

Patric (Sport) – Lateral muito forte no apoio, tendo todas as suas três assistências no campeonato dentro da Ilha Do Retiro. Num duelo direto contra o Atlético Goianiense em casa, tem potencial para não sofrer gol e também contribuir ofensivamente.

Marcos Rocha (Palmeiras) – Com sensível melhora pós saída de Luxemburgo, o Verdão vem de sete jogos sem sofrer gol nas últimas oito partidas. Histórico ladrão de bolas, o defensor pode pontuar bem, ainda mais num duelo teoricamente favorável contra o lanterna Goiás.

ZAGUEIROS

Diego (São Paulo) – Com média próxima a dois desarmes por partida, negativou apenas uma vez nas seis partidas que fez no Morumbi. Atuando em casa contra o Vasco, no domingo, o Tricolor está motivado após a classificação na Copa Do Brasil diante do Flamengo e pode não sofrer gol contra um Vasco que briga para não cair.

Léo Pereira (Flamengo) – Uma boa opção para quem acredita que o Mengão não sofra gols diante do Coritiba em casa. Sua equipe precisa vencer para se manter forte na briga pelo título e encara um adversário que só venceu uma das últimas cinco partidas. A vinda de Rogério Ceni pode ajudar no fortalecimento da defesa do Flamengo.

Kanu (Botafogo) – Com trinta e dois desarmes no Brasileirão, o defensor é um dos líderes no quesito. Negativou apenas duas vezes nas 11 últimas partidas que atuou. Enfrenta o Fortaleza (que tem o terceiro pior ataque do campeonato) em casa e pode ter uma pontuação satisfatória.

MEIAS

Thiago Neves (Sport) – Com dois gols e duas assistências no Brasileirão, o armador é o principal candidato a conduzir o Leão à vitória contra o Atlético Goianiense em casa. Desvalorizado, tem boas chances de render cartoletas, caso pontue com decisões na segunda-feira. Seu time precisa do triunfo para se distanciar da zona de rebaixamento e assim ele pode ser uma boa opção para quem precisa economizar.

Vina (Ceará) – Na primeira partida após sua ausência por Covid-19, já deixou sua marca contra uma sólida defesa do Palmeiras. O Atlético-MG, adversário da rodada, está longe de ter uma boa defesa fora de casa e sofreu nada menos que 12 gols nas últimas cinco partidas como visitante. Assim, enxergamos boas perspectivas para o armador do Vozão nesta rodada.

Otero (Corinthians) – Pontua bem independente dos scouts principais, uma vez que sofre muitas faltas e finaliza com maestria.

ATACANTES

Brenner (São Paulo) – Está cheirando a gol, com 17 tentos marcados em 2020, mesmo sendo titular em apenas 16 partidas. Enfrentando um Vasco que passa por um momento irregular e empatou com o Fortaleza jogando mal, acreditamos que o centroavante possa balançar as redes novamente.

Renato Zayzer (Athletico-PR) – Vem fazendo gols importantes e fora de zaga a defesa do Santos não passa confiança, dando espaço ao artilheiro do CAP.

Luciano (São Paulo) – Se tem Brenner, tem Luciano. O jogador forma a dupla de ataque de sucesso do tricolor paulista e vem em ótima fase, assim como a jóia da base.

TÉCNICOS

Fernando Diniz (São Paulo) – Melhor custo benefício da rodada, uma vez que encara o Vasco muito desfalcado devido a COVID-19.

Jair Ventura (Sport) – Pode surpreender jogando em casa.

Augusto Cesar (Goiás) – Técnico mais barato do game. Levando em conta os inúmeros desfalques do Palmeiras devido a COVID-19, não é loucura pensar em boa pontuação do ténico do Goiás


É isso, pessoal! Espero que gostem das dicas e que as mesmas sejam úteis para vocês!

Boa rodada e até a próxima!

24 anos, coração goiano morando em Niterói-RJ. Comando o Schincariol EC e garanto: "eu não tenho culpa de ter cerveja até no sobrenome".