O mercado fecha em:

ANTI 4-3-3 #34

FALAAA, SÓCIOS(AS) MIX! Como o próprio nome já diz, o quadro tem como objetivo pontuar o máximo possível com um esquema tático diferente do 4-3-3, que é a mais usual entre os Cartoleiros. E aí, será que é possível mitar sem utilizar o esquema tático mais popular do jogo? Nós acreditamos que sim! Para os […]

Postado em: 14 de novembro de 2018
Atualização: 14 de novembro de 2018
Tempo de leitura: 4 minutos

FALAAA, SÓCIOS(AS) MIX!

Como o próprio nome já diz, o quadro tem como objetivo pontuar o máximo possível com um esquema tático diferente do 4-3-3, que é a mais usual entre os Cartoleiros.

E aí, será que é possível mitar sem utilizar o esquema tático mais popular do jogo? Nós acreditamos que sim! Para os mais ousados e para as rodadas em que não se tem muitas opções no ataque ou nas pontas, o Anti 4-3-3 se torna ainda mais especial.

Na rodada passada, o Anti 4-3-3 Mix foi mal assim como a maioria dos cartoleiros e fechou com apenas 37,76 pontos. Com essa pontuação, o esquadrão desvalorizou C$2,14, iniciando a 34ª rodada com um patrimônio de C$178,29.

Vamos para o esquadrão ANTI 4-3-3 MIX da trigésima quarta rodada!


Formação da rodada: 3-5-2

Goleiro: Victor (CAM) – O Galo precisa vencer e fora de casa não deve sofrer gol do já rebaixado Paraná. Victor ainda deve ser exigido e quem sabe consiga algumas defesas difíceis finalizar com chave de ouro.

Zagueiro: Gustavo Gomez (PAL) – O Paraguaio chegou e já se destacou no time e também no Cartola FC. São 2 gols marcados, 16 roubadas de bola e uma média de 6,04 pontos em 11 jogos disputados. Em casa contra o Fluminense, tem boa chance de SG e deve conseguir pontuar bem novamente. Fica a expectativa por algum pênalti, já que ele é o atual cobrador de penalidades do Palmeiras quando está em campo.

Zagueiro: Victor Cuesta (INT) – É disparado o zagueiro com maior número de roubadas de bola neste Brasileirão. São 86 RB’s em 28 disputados, ou seja, praticamente 4,50 pontos garantidos por partida somente neste quesito. Contra o América-MG no Beira-Rio, a expectativa é que ele mantenha ou aumente ainda mais esta média e saia com o SG, que por sinal é bastante provável.

Zagueiro: Pedro Geromel (GRE) – O Grêmio possui a segunda melhor defesa do campeonato até aqui, mas mesmo sem SG Geromito faz jus ao seu apelido. Com muitas roubadas de bola, o zagueiro do Imortal é figurinha carimbada para os Cartoleiros e mesmo em um jogo decisivo contra o São Paulo no Morumbi, ele é uma boa opção. São em jogos decisivos que ele aparece e não será diferente desta vez, onde deverá ter um bom número de RB’s e quem sabe até o SG.

Meia: Bruno Henrique (PAL) – Se Gomez não cobrar o pênalti, caso houver, Bruno Henrique deve ser o encarregado para a cobrança. Neste Brasileirão ele já tem 8 gols e 2 assistências, números que demonstram bem como ele tem aparecido bem nas jogadas ofensivas. Contra o Flu no Allianz, ele deve ter uma boa pontuação através de roubadas de bola, finalizações e alguma participação em gol.

Meia: Zé Rafael (BAH) – Mais uma figurinha carimbada aqui. Mesmo sem gol ou assistência, Zé mostra seu dom de pontuar bem, através principalmente das finalizações, faltas sofridas e roubadas de bola. Em um jogo decisivo diante da torcida do Bahêa contra o Ceará, a tendência é que Zé Mitael se destaque e saia de campo com algum dos scouts principais.

Meia: Patrick (INT) – Certamente estará entre os mais escalados, uma vez que o Inter joga diante da sua torcida contra o América-MG. Ao Colorado só resta vencer e Patrick tem tudo para ser um dos protagonistas da partida e do Cartola, com muitas roubadas de bola, finalizações, gol e/ou assistência.

Meia: Doffo (CHA) – O meia da Chape tem se destacado individualmente e constantemente. Dos jogadores da equipe catarinense, o argentino vem sendo o maior destaque no Cartola com 3 gols, 18 finalizações, 6 faltas sofridas e 17 roubadas de bola em somente 12 jogos disputados. Para a Chape, só a vitória importa no confronto direto contra o Botafogo e Doffo pode ser um dos destaques da partida.

Meia: Cazares (CAM) – Mesmo não sendo muito regular, Cazares entra no esquadrão pelo fato de que é difícil deixar algum jogador ofensivo do Galo de fora contra o lanterna Paraná. Com a ausência do Pastor, a missão ficou para Cazares, que não decepcionará com algum gol ou assistência.

Atacante: Dudu (PAL) (C) – Nas últimas 10 partidas que disputou, Dudu tem 8 assistências distribuídas e 1 gol marcado. Conte o Flu, que tem sofrido vários gols quando joga fora de casa, o líder Palmeiras vai para cima em busca da vitória e a chance de Dudu se destacar é bem grande. Só não pode inventar de reclamar e tomar cartão. Logo, ele foi o escolhido o Capitão do Anti 4-3-3 Mix desta rodada.

Atacante: Nico López (INT) – É um dos destaques do vice-líder Internacional neste campeonato e contra o América no Beira-Rio deve sair com algum scout principal. O Colorado precisa vencer e depende de uma boa atuação do seu camisa 7, que não decepcionará os torcedores e a grande maioria dos Cartoleiros.

Técnico: Felipão (PAL) – Talvez seja a escolha mais segura entre os técnicos, já que o líder Palmeiras deve vencer o Flu em casa e dar mais um importante passo rumo ao título.


Outras boas opções:

Goleiros: Weverton (PAL), Marcelo Lomba (INT) e Gatito (BOT);
Laterais: Mayke (PAL), Iago (INT) e Diogo Barbosa (PAL);
Meias: Andrey (VAS), Raphael Veiga (CAP) e Ramires (BAH);
Atacantes: Willian (PAL), Leandro Damião (INT) e Vitinho (FLA);
Técnicos: Odair Hellmann (INT), Levir Culpi (CAM) e Enderson Moreira (BAH).


E aí, vai ser ousado e sair da rotina 4-3-3 nessa rodada? Acha que outra formação seria mais ideal nessa rodada? Comente abaixo. Boa sorte e que a mitagem venha! Forte Abraço.

Por: Augusto Franco
Instagram: eng.augustofranco

Botelhense, Engenheiro Civil, 26 anos. "Eu levo a Cruz de Malta no meu peito desde que eu nasci!" Currículo no Cartola FC: 15º em 2009 e 169º em 2015 na Liga Nacional.