O mercado fecha em:

TROPA DE ELITE – KILL #9

AHOOOOOOW MITOS E MITAS DO MIX! O Tropa de Elite Mix Oficial mitou novamente com incríveis 129,19 pontos, lucrando C$7,49 e somando um total de C$205,30 cartoletas. No geral, o Tropa está com 818,67 pontos, média de 102,33 pontos por rodada. É FACA NA CAVEIRA! O Top 1000 do Nacional se aproxima… é melhor sair da frente! Falando um pouquinho sobre […]

Postado em: 2 de junho de 2018
Atualização: 2 de junho de 2018
Tempo de leitura: 6 minutos

AHOOOOOOW MITOS E MITAS DO MIX!

Tropa de Elite Mix Oficial mitou novamente com incríveis 129,19 pontos, lucrando C$7,49 e somando um total de C$205,30 cartoletas. No geral, o Tropa está com 818,67 pontos, média de 102,33 pontos por rodada. É FACA NA CAVEIRA! O Top 1000 do Nacional se aproxima… é melhor sair da frente! Falando um pouquinho sobre a rodada:

O destaque negativo foi Rodriguinho que negativou (-1,50). Outro que decepcionou foi Vinicius Jr (3,70); esperávamos muito mais dele na partida. O restante do time foi muito bem, 7 jogadores passaram dos 10 pts: Diego Alves (14,00), Pikachu (17,70), Balbuena (13,80), Gustavo Blanco (17,20), Paquetá (14,30), Arthur Caique (13,90) e o nosso capitão Everton que, com a pontuação dobrada, nos garantiu 17,20.

TROPA DE ELITE MIX OFICIAL tem como objetivo alcançar a maior pontuação possível, sem miséria, sem mimimi e sem chororô. Para tal, é necessário termos APOSTAS. Sim, APOSTAS. Se você é muito conservador e tem medo de ser diferente, monte um time com os jogadores de maior média por posição/fator casa. Temos um quadro chamado “TALISMÃ: TUDO OU NADA” e iremos sempre tentar colocar o talismã escolhido na equipe do TROPA DE ELITE MIX. Não nos importa quanto o fulano custa ou quanto o beltrano deixou de custar. A ideia é fazer ponto. PONTO.

Chega de papo e bora pra escalação.
Tropa (1)Formação 4-3-3: Melhor formação para o esquadrão TOBIAS DE AGUIAR.

Goleiro – DANILO FERNANDES (INT) – Assume o lugar de Victor. O Sport é o segundo visitante que mais cede pontos para goleiros adversários: são, em média, 8,60 pontos. Sei que todo mundo perdeu a confiança em apostar no goleiro que enfrenta o Sport depois da cagada de Jailson, mas os números não metem. Acredito que o Sport irá criar algumas chances, então espero que o Danilo faça algumas defesas difíceis e consiga segurar o SG. 

Zagueiro – VICTOR CUESTA (INT) – Com o nome ventilado nos bastidores do Boca, o Xerifão Colorado pode ser considerado quase unânime entre os defensores nesta rodada. Nas três partidas que ele atuou no Beira Rio, não fez menos que seis pontos e, contra o Sport, a tendência é que ele mantenha esse bom retrospecto diante da sua torcida.

Zagueiro – DEDÉ (CRU) – Com uma média de 8,37 pontos este ano, Dedé, vulgo Mito, faz parte da melhor defesa do campeonato até aqui, juntamente com a do Grêmio, com apenas três gols sofridos. A Raposa joga fora de casa contra um Ceará que respira por aparelhos e é dono do segundo pior ataque do Brasileirão, o que justifica melhor a escalação deste MITO.

Lateral – GILBERTO (FLU) – Quando foi escalado pelo esquadrão não deixou a desejar. Agora, jogando contra o Paraná, mesmo fora de casa, não tem como deixá-lo de fora, uma vez que o time paranaense é o lanterna e dono do pior ataque do campeonato com somente três gols marcados. Como vem jogando avançado, a chance de participação em gol é bem válida.

Lateral – THIAGO CARLETO (CAP) – No melhor estilo Otero de jogar (de onde está, chuta), Carleto tem sido destaque entre os laterais neste início de Brasileiro. São 18 finalizações, 1 gol, 3 assistências e 12 roubadas de bola, ou seja, mesmo que não mantenha o SG, certamente terá uma boa pontuação contra o América-MG fora de casa.

Meia – GUSTAVO BLANCO (CAM) – Já perdi a conta de quantas vezes este ladrão de bolas figurou o esquadrão. Na rodada passada mitou mais uma vez, graças a mais uma assistência e SETE roubadas de bola. Em casa contra a Chape, espera-se pelo menos cinco RB’s e, quem sabe, outra participação em gol, visto que sempre aparece como elemento surpresa no ataque. Investigações apontam que este Mitinho tem levado as bolas dos adversários para a casa.

Meia – PATRICK (INT) – Tem sido muito regular até aqui no Cartola FC. Ainda não negativou, tem 28 roubadas de bola, 1 assistência e 2 gols, que resultaram a ele uma média acima de 7 pontos. Diante do Sport no Beira Rio, onde o Inter ainda não sabe o que é ser derrotado, a expectativa de outra boa pontuação de Patrick é grande. Lei do ex!

Meia – LUCAS PAQUETÁ (FLA) – Permanece na equipe após grande atuação e pontuação na última rodada. O líder Flamengo tem um clássico contra o Corinthians no Maraca e os três pontos darão ainda mais confiança para que o rubro-negro continue a caminhada rumo ao título. Logo, como Paquetá tem sido o grande destaque do Fla com gols, assistências, roubadas de bola e muita habilidade na dança, fica difícil deixá-lo de fora mesmo contra o Timão.

Atacante – ROGER GUEDES (CAM) (C) – O loiro do Tchan passou de vilão a craque do elenco do Galo neste Brasileirão. É atualmente o artilheiro do campeonato juntamente com Pedro do Flu com cinco gols marcados, e contra a fraca defesa da Chape, espera-se que ele se torne o artilheiro isolado após deixar aquele Hat-trick de leve. Por isso, daremos uma segunda chance para ele carregar a faixa de CAPITÃO. 

Atacante – EVERTON (GRE) – É outro que permanece no esquadrão, após ter conseguido 8,60 pontos mesmo sem scouts principais. Mesmo com um jogo difícil contra o Bahia na Fonte Nova, ele se torna uma opção válida pela boa regularidade de pontuação e pela grande fase que vive, deixando o craque Luan de certa forma esquecido por muitos Cartoleiros, já que o Cebolinha tem média de 9,57 pontos.

Atacante – BRUNO HENRIQUE (SAN) Entra no lugar de Lucca, pois estávamos com muito jogador do Inter, e a fase do Sport é boa. Tudo indica que Bruno Henrique deve começar jogando depois de ter entrado no segundo tempo nas partidas contra o Cruzeiro e Atlético-PR, então nós vamos arriscar. O jogo contra o Vitória irá definir o futuro de Jair Ventura no comando da equipe, portanto, é hora de saber se os jogadores estão com ele ou se vão fazer corpo mole. O treinador, ao assumir a equipe, falou que uma das coisas que mais o motivava era a oportunidade de trabalhar com Bruno Henrique. Pois é, amigos. Chegou a hora do nosso atacante retribuir essa confiança. Ele foi o artilheiro do Santos na temporada passada com 18 gols, e líder de assistências do Brasileirão 2017: foram 11 passes açucarados. O Vitória sofreu gol em todas as partidas do Brasileirão, e na Vila Belmiro não será diferente. Vamos torcer para o Bruno estar num dia inspirado! 

Técnico – THIAGO LARGHI (CAM) – Larghi tem conseguido boas pontuações mesmo quando o Galo não sai de campo com a vitória. Nesta rodada, como a vitória é bem provável, a tendência é de uma bela pontuação do interino ou efetivo (não se sabe qual deles) técnico atleticano.

Preço do esquadrão: C$ 178,37


OUTRAS BOAS OPÇÕES:

Goleiro: VICTOR (ATL-MG), DIEGO ALVES (FLA)

Lateral: EGÍDIO (CRU), ZECA (INT)

Zagueiro: GABRIEL (CAM), LUCAS VERÍSSIMO (SAN)

Meia: ZÉ RAFAEL (BAH), DIEGO SOUZA (SP)

Ataque: GABRIEL (SAN), LUCCA (INT), RAFAEL SOBIS (CRU)

Técnico: ODAIR HELLMAN (INT), MANO MENEZES (CUR)

Fiquem esperto para as possíveis alterações.

Sigam-me no
Instagram: @Fer_Renno
Twitter: @fernando84renno
Facebook: /eusoucorinthians

Paulistano, Corintiano, maloqueiro, sofredor e escritor do Tropa de Elite. Se for fazer um churrasco ou uma mesa de poker, me chama que eu vou....perito em cerveja e chicas desnudas. Nao, pera...

Dicas