O mercado fecha em:

SUPER ONZE #24

Saudações Cartoleiras, Sócio(a) Mix! Sem nenhum desfalque em campo, o que foi uma proeza na última rodada, o Super Onze somou 61,12 pontos e foi o terceiro quadro que mais pontuou no Mix. Nenê e Walter foram as grandes decepções. Pelo lado positivo, Nino Paraíba conseguiu manter o SG e Nico López deu assistência para […]

Postado em: 8 de setembro de 2018
Atualização: 8 de setembro de 2018
Tempo de leitura: 2 minutos

Saudações Cartoleiras, Sócio(a) Mix!

Sem nenhum desfalque em campo, o que foi uma proeza na última rodada, o Super Onze somou 61,12 pontos e foi o terceiro quadro que mais pontuou no Mix. Nenê e Walter foram as grandes decepções. Pelo lado positivo, Nino Paraíba conseguiu manter o SG e Nico López deu assistência para o gol que colocou o Internacional na liderança do Brasileirão.

Sem mais aprazas, confira a escalação do SUPER ONZE MIX FC:

Goleiro: MARCELO LOMBA (INT) – Em 9 jogos, são 7 SG’s, 17 defesas difíceis e apenas 2 gols sofridos. Números absurdos.

Zagueiro: RÉVER (FLA) – No Maracanã, em 12 jogos, o Fla sofreu somente 4 gols. Com a mesma quantidade de jogos fora de casa, a Chape cedeu SG em 6.

Zagueiro: VÍCTOR CUESTA (INT) – Praticamente fixo no Super Onze. É o beque com mais SG e RB do campeonato. Internacional é o mandante da rodada com a maior média de pontos conquistados com os zagueiros.

Lateral: RENÊ (FLA) – Assim como o zagueiro argentino do Inter, é praticamente fixo no quadro. Média de 6,92 pontos em casa. Flamengo é o time que mais conquista roubadas de bola com laterais.

Lateral: LIZIERO (SAO) – São Paulo é o time do BR que mais conquista pontos com laterais, enquanto que o Bahia é o que mais cede.

Meia: ÉVERTON RIBEIRO (FLA) – Unanimidade da rodada. É o jogador mais escalado. Líder de assistências e vice-artilheiro do Mengão em 2018.

Meia: NENÊ (SAO) – Mais uma unanimidade. É o terceiro jogador mais escalado. 8 gols e 2 assistências em 21 jogos. São Paulo é o time que mais conquista pontos com os meio-campistas.

Meia: RICHARD (FLU) – Após o ótimo desempenho diante do Vitória, permanece no time. Botafogo é o time que mais cede gols aos meias adversários: são 19 em 23 jogos; ou seja, média aproximada de um gol por rodada.

Atacante: JOÃO ROJAS (SAO) – Extremamente regular no CartolaFC. Média de 5,92 pontos em 5 jogos realizados no Morumbi. Entre os visitantes, Bahia é o segundo time com a maior média de pontos cedidos aos atacantes.

Atacante: RICARDO OLIVEIRA (CAM) – É a referência no melhor ataque do Brasileirão. 9 gols, 6 assistências e 46 finalizações em 22 jogos. Pendurado com dois cartões amarelos, fará de tudo para não levar o terceiro, porque, caso seja punido, ficará suspenso no clássico contra o Cruzeiro.

Atacante: VITINHO (FLA) – CAPITÃO – Duelo entre o terceiro melhor ataque contra a quarta zaga mais vazada. Em 12 jogos distante da Arena Condá, a Chape levou 23 gols. Além disso, é o visitante que mais cede pontos aos atacantes adversários.

Técnico: MAURÍCIO BARBIERI (FLA) – Sem dúvidas para escolher o melhor treinador da rodada: O Fla é o mandante da rodada que mais conquista pontos com o técnico e a Chapecoense é o time que mais cede.

PREÇO DO TIME: C$ 149,02


OUTRAS BOAS OPÇÕES:

Goleiro: João Ricardo (América-MG) e Diego Alves (Flamengo);
Zagueiro: Leonardo Silva (Atlético-MG) e Bruno Alves (São Paulo);
Lateral: Yago Pikachu (Vasco) e Egídio (Cruzeiro);
Meia: Diego (Flamengo) e Diego Souza (São Paulo);
Atacante: Léo Ceará (Vitória) e Gabriel (Paraná);
Técnico: Cuca (Santos) e Diego Aguirre (São Paulo).


Espero que tenham gostado das indicações.
Deixem seus comentários, críticas e sugestões. Grande abraço a todos!

Torcedor do Sport Club do Recife e treinador do PeloSportTudo 87 FC