O mercado fecha em:

Ficando Rico: Cartola FC 2020, Rodada 10

O objetivo do Ficando Rico é VALORIZAR!!!

Postado em: 12 de setembro de 2020
Atualização: 12 de setembro de 2020
Tempo de leitura: 3 minutos

Saudações Cartoleiras!

Rodada terrível para o Ficando Rico! O time mais rico do Mix valorizou 6,01 cartoletas, perdeu 420 posições na Liga Patrimônio e agora está ocupando a colocação 3570.

Muitos destaques negativos, sobretudo Rafael Vaz que conseguiu a proeza de ser expulso nos acréscimos, mas irei enaltecer os fatos positivos: Marcelo Lomba e Cuesta conseguiram o SG, Boschilia somou 15,20 pontos e Wellington Paulista não decepcionou.

A partir da quarta rodada, o sistema de valorização volta ao normal: Jogador valorizado tende a desvalorizar, jogador desvalorizado tende a valorizar. Dessa forma, aposte em jogadores que negativaram na última rodada.

O Patrimônio do time é C$ 186,09

Sem mais aprazas, confira a escalação do FICANDO RICO MIX FC:

Esquema tático: 4-3-3 | Preço: C$ 98,42

Goleiro

TADEU (GOI) – Manteremos a estratégia de sempre no gol: escalar o mais desvalorizado possível e contar com a sorte. Tadeu será exigido pelo líder do Brasileirão e poderá fazer algumas defesas difíceis.

Zagueiros

LUAN PERES (SAN) – Cometeu zero faltas e enfrentará o visitante da rodada com menos gols marcados. Apesar disso, não é certeza no Ficando Rico: estamos de olho na situação do Geromel;

JÚNIOR ALONSO (CAM) – É o zagueiro mais escalado da rodada. É um dos pilares do 4º sistema defensivo menos vazado da competição.

Laterais

NINO PARAÍBA (BAH) – 24 desarmes e apenas 6 faltas cometidas em 7 jogos. É o segundo lateral mais escalado;

BRUNO PACHECO (CEA) – Após cumprir suspensão pelo cartão vermelho, retorna ao time extremamente desvalorizado. Com pontuações regulares, não precisa de SG para garantir uns pontinhos.

Meias

DANIEL BESSA (GOI) – O artilheiro do Goiás decepcionou na última rodada: não participou de nenhum gol e negativou pela primeira vez. Recebe mais uma oportunidade para valorizar;

NIKÃO (CAP) – Na condição de mandante, o Athletico-PR não perde para o Coritiba em jogos válidos pela Série A há 20 anos. No período, o Furacão venceu 7 vezes, empatou 5 e só não balançou as redes adversárias em uma oportunidade. Por isso, considero o vice-artilheiro e o segundo jogador com mais assistências do Caph uma opção interessante;

Nenê (FLU) – CAPITÃO – 15 gols e 3 assistências em 2020. Com duelos recentes equilibrados diante do Corinthians, acredito que a bola parada possa ser o diferencial.

Atacantes

KENO (CAM) e MARRONY (CAM) – Dobradinha do Galo para enfrentar a pior defesa do Brasileirão. Em péssima fase, Cleiton não demonstra segurança e tem elevadas chances de sofrer com o poderio ofensivo do terceiro time que mais marcou gols até o momento;

WESLEY (PAL) – É uma aposta. Destaque pelo Vitória ano passado, onde marcou 5 gols em 28 partidas, o jovem atacante terá a oportunidade de fazer o seu primeiro gol com a camisa do Palmeiras diante do Sport Recife que sofreu gol em todas as partidas.

Técnico

JORGE SAMPAOLI (CAM) – Depois de sofrer na Vila Belmiro com Marinho e cia, não há espaço para outro vacilo no intuito de manter o Atlético-MG vivo na disputa pelo título.

Escalação do Ficando Rico

OUTRAS BOAS OPÇÕES:

Goleiro: Gabriel Batista (Flamengo) e Wilson (Coritiba);
Zagueiro: Thiago Heleno (Athletico-PR) e Léo Pereira (Flamengo);
Lateral: Rodinei (Internacional) e Samuel Xavier (Ceará);
Meia: Zé Rafael (Palmeiras) e Robinho (Grêmio);
Atacante: Claudinho (RB Bragantino) e Guilherme Azevedo (Grêmio);
Técnico: Thiago Larghi (Goiás) e Eduardo Barros (Athletico-PR).


Espero que tenham gostado das indicações. O mais importante do quadro é valorizar, pontuação estará sempre em segundo plano. Deixem seus comentários, críticas e sugestões. Grande abraço a todos!

Torcedor do Sport Club do Recife e treinador do PeloSportTudo 87 FC