O mercado fecha em:

Anti 4-3-3 #3

Falaaa, turmaa!! Tudo beleza? Como o próprio nome já diz, o quadro tem como objetivo pontuar o máximo possível com um esquema tático diferente do 4-3-3, que é a mais usual entre os Cartoleiros. E aí, será que é possível mitar sem utilizar o esquema tático mais popular do jogo? Nós acreditamos que sim! Para os […]

Postado em: 26 de abril de 2018
Atualização: 28 de abril de 2018
Tempo de leitura: 7 minutos

Falaaa, turmaa!! Tudo beleza?

Como o próprio nome já diz, o quadro tem como objetivo pontuar o máximo possível com um esquema tático diferente do 4-3-3, que é a mais usual entre os Cartoleiros.

E aí, será que é possível mitar sem utilizar o esquema tático mais popular do jogo? Nós acreditamos que sim! Para os mais ousados e para as rodadas em que não se tem muitas opções no ataque ou nas pontas, o Anti 4-3-3 se torna ainda mais especial.

Que issooo, o Anti 4-3-3 está impossível! Duas rodadas e em ambas a pontuação ultrapassou a barreira dos 100 pontos. Na rodada passada a pontuação do esquadrão foi de 102,54 pontos e o time valorizou C$22,76, resultando num total de C$162,54 de patrimônio. Nada mal, hein?!

Na terceira rodada em que a valorização já se torna mais complicada, a escalação do Anti 4-3-3 Mix será visando pontuação e também evitar uma grande desvalorização. Quem sabe não venha mais uma mitada e o patrimônio não passe de C$170. #oremos

Bora então para a escalação do ANTI 4-3-3 MIX da terceira rodada!! As substituições foram realizadas pelo fato de que encontrei uma boa formação sem os nomes cogitados a serem poupados do elenco Palmeirense. A escalação do Palmeiras não está confirmada, sendo que até agora as notícias são por suposições. Provavelmente Roger não revelará a escalação, mas quem sabe ele confirma o time e algum jogador volte ao esquadrão.


Formação da rodada: 4-4-2

Goleiro: Douglas (BAH) – Continua no time, já que não encontrei muitas opções para goleiro nessa terceira rodada. Existe a esperança de SG do Bahia contra o Furacão, até porque o time baiano costuma dificultar a vida dos adversários quando a partida é na Fonte Nova.

Goleiro: Jailson (PAL) – Entra no lugar do Douglas pelo fato da troca na lateral, onde como o SG do Bahia não é tão confiável assim, ir com dois defensores seria um pouco arriscado. Além de que, com as saídas de Marcos Rocha e Edu Dracena do time, o esquadrão ficaria sem defensores do Palmeiras.

Zagueiro: Edu Dracena (PAL) – Melhor opção entre os zagueiros nessa rodada. Tem boa chance de manter o SG contra a Chape em casa e também fica a expectativa por algumas roubadas de bola para melhorar ainda mais sua pontuação.

Zagueiro: Igor Rabello (BOT) – Entra no lugar de Edu Dracena que tem grande chance de ser poupado. O Botafogo joga em casa contra o Grêmio que provavelmente jogará com o time reserva, e o time carioca visa a vitória a todo custo, uma vez que ainda não venceu nesse Brasileirão. Igor Rabello se destaca muito nas roubadas de bola e jogadas aéreas ofensivas, quem sabe não surpreenda e saia de campo com um gol anotado.

Zagueiro: Victor Cuesta (INT) – Mitou na primeira rodada, já possui nove roubadas de bola em apenas duas rodadas de Brasileirão e enfrenta um Cruzeiro que vem tendo grande dificuldade para balançar as redes do adversário, o que dá uma esperança a mais de Cuesta manter o SG.

Lateral: Marcos Rocha (PAL)Unanimidade da rodada! Como o jogo do Palmeiras é tido como o “mais fácil” da rodada, vale a aposta em mais um defensor da equipe. Marcos Rocha já é um velho conhecido dos Cartoleiros e se destaca por conseguir grandes pontuações principalmente por roubadas de bola (já possui cinco nesse Brasileirão) e pelas assistências, que já são quatro nesse ano de 2018. 

Lateral: Nino Paraíba (BAH) – Com a indefinição da escalação do Palmeiras, Nino entra no lugar de Marcos Rocha. O lateral do Bahia vem jogando e pontuando muito bem, sendo que sua média 8,25 pontos. Contra o CAP em casa, quem sabe consiga o SG, algumas roubadas de bola e ao menos uma assistência, para que assim possa passar dos dez pontos.

Lateral: Ayrton Lucas (FLU) – Eleito o melhor lateral esquerdo do Campeonato Carioca desse ano, Ayton Lucas vem mantendo as boas atuações no Brasileirão e, com isso, tem pontuado bem no Cartola FC. Foi assim nas duas primeiras rodadas, onde fez 4,30 pontos na primeira rodada sem SG e 9,90 pontos na segunda rodada com SG, que resultaram em uma boa média de 7,10 pontos. Chega muito bem ao ataque e tem se destacado nas roubadas de bola e faltas sofridas. Quem sabe não consiga um SG e/ou dê alguma assistência para melhorar ainda mais sua pontuação.

Meia: Otero (CAM) – Outro que permanece no time, mas pela grande perspectiva de pontuação. Em duas rodadas já finalizou nove vezes, roubou três bolas e tem uma média impressionante de 13,90 pontos. Como todo lance de bola parada do Galo se torna um perigo nos seus pés, pode-se se esperar mais uma bela pontuação do venezuelano, mesmo sendo uma partida difícil contra o Corinthians no Horto.

Meia: Zé Rafael (BAH) – Outra Unanimidade da rodada! Também segue na equipe, graças principalmente a regularidade de pontuação. Ainda não teve nenhum dos scouts principais nesse Brasileirão, mas possui uma boa média de 7,20 pontos. Se destaca nas roubadas de bola, finalizações e faltas sofridas, mas uma hora ou outra vai participar de algum gol e atingir uma pontuação daquelas que os Cartoleiros estão acostumados vindo deste mito.

Meia: Patrick (INT) – Outro nome que desde o ano passado se destaca pela regularidade de pontuação, resumida principalmente pelo bom número de roubadas de bola, que já foram oito em somente duas rodadas de Cartola FC nesse ano. Como tem jogado mais avançado no Inter, suas chances de fazer um gol ou dar assistência para algum companheiro de equipe se tornam maiores, assim como sua expectativa de pontuação.

Meia: Petros (SÃO) – Opção única e exclusivamente para roubadas de bola. Em apenas um jogo disputado nesse Campeonato Brasileiro de 2018 já roubou cinco bolas que resultaram a ele em uma pontuação acima dos sete pontos e, contra o Flu fora de casa, a tendência é que esse número se repita ou aumente. Só para ressaltar, a expectativa de pontuação de Petros é voltada somente para o quesito de roubadas de bola.

Atacante: Keno (PAL) – Também está entre as três Unanimidades da rodada! Tem jogado muita bola e por isso cavou um lugar no ataque titular do Palmeiras. Como o time paulista tem pela frente um jogo em casa contra a Chapecoense, espera-se que o ataque não saia de campo sem balançar as redes. Logo, não é de se duvidar que o Kenaldinho repita a grande atuação que teve contra o Boca Juniors em pleno o La Bombonera, onde abriu o placar com um gol de cabeça.

Atacante: Borja (PAL) – Fará a dobradinha com Keno no ataque, principalmente pelo seu grande número de finalizações. Na rodada anterior, sua primeira nesse Brasileirão, Borja finalizou seis vezes e passou dos sete pontos mesmo não fazendo gol nem dando assistência. Contra a Chape no Allianz Parque, quem sabe faça um golzinho e consiga sair de campo com mais de dez pontos na conta.

Atacante: Leandro Damião (INT) – Entra no lugar de Borja, que é outro nome do Palmeiras muito cogitado a ser poupado. O centroavante Damião volta ao time titular em uma partida em que o Inter enfrenta um Cruzeiro reserva, sendo assim a Lei do Ex tem boa chance de acontecer no jogo em Porto Alegre.

Técnico: Roger Machado (PAL) – Pelo fato de ter um jogo mais tranquilo em casa a expectativa é que Roger consiga pontuar muito bem, uma vez que a tendência é de uma boa vitória Palmeirense para cima da Chapecoense. Logo, ele se torna a melhor opção entre os técnicos nessa rodada.

Capitão: Zé Rafael (BAH) – Jogador muito seguro e que dificilmente negativa. O Bahêa não tem um jogo muito fácil pela frente, mas jogando sob seus domínios tem que se impor para sair com mais uma vitória diante de seus torcedores. Logo, o Hazard Brasileiro provavelmente conseguirá seus seis pontos de costume e, conseguindo um gol ou uma assistência, simplesmente mitará.


Outras boas opções:

Goleiro: Douglas (BAH), Diego Alves (FLA) e Jori (AME);

Zagueiro: Pedro Geromel (GRE), Messias (AME) e Antônio Carlos (PAL);

Lateral: Marcos Rocha (PAL), Diogo Barbosa (PAL) e Norberto (AME);

Meia: Rodriguinho (COR), Lucas Paquetá (FLA) e Lucas Lima (PAL);

Atacante: Dudu (PAL), Vinícius Junior (FLA) e Brenner (BOT);

Técnico: Enderson Moreira (AME), Odair Hellmann (INT) e Guto Ferreira (BAH).


E aí, vai ser ousado e sair da rotina 4-3-3 nessa rodada? Acha que outra formação seria mais ideal nessa rodada? Vote na enquete e comente abaixo. Boa sorte e que a mitagem venha! Forte Abraço.


Por: Augusto Franco

Instagram: @gustimfranco

Botelhense, Engenheiro Civil, 26 anos. "Eu levo a Cruz de Malta no meu peito desde que eu nasci!" Currículo no Cartola FC: 15º em 2009 e 169º em 2015 na Liga Nacional.