O mercado fecha em:

ANTI 4-3-3 #15

FALAAA, SÓCIOS MIX! Como o próprio nome já diz, o quadro tem como objetivo pontuar o máximo possível com um esquema tático diferente do 4-3-3, que é a mais usual entre os Cartoleiros. E aí, será que é possível mitar sem utilizar o esquema tático mais popular do jogo? Nós acreditamos que sim! Para os […]

Postado em: 24 de julho de 2018
Atualização: 24 de julho de 2018
Tempo de leitura: 4 minutos

FALAAA, SÓCIOS MIX!

Como o próprio nome já diz, o quadro tem como objetivo pontuar o máximo possível com um esquema tático diferente do 4-3-3, que é a mais usual entre os Cartoleiros.

E aí, será que é possível mitar sem utilizar o esquema tático mais popular do jogo? Nós acreditamos que sim! Para os mais ousados e para as rodadas em que não se tem muitas opções no ataque ou nas pontas, o Anti 4-3-3 se torna ainda mais especial.

A última rodada até que foi boa para o Anti 4-3-3 Mix. O esquadrão fez 86,77 pontos e obteve uma valorização de C$1,98, chegando ao patrimônio de C$188,17. Destacaram-se principalmente: Arrascaeta (14,50 pntos), Zé Rafael (14,30 pontos), Lucas Paquetá (10,90 pontos) e Patrick (9,40 pontos). Os destaques negativos foram: Willian (-1,50 ponto) e Nico Lopez (3,20 pontos).

Bora para o esquadrão ANTI 4-3-3 MIX da décima quinta rodada!


Formação da rodada: 5-3-2

Goleiro: Diego Alves (FLA) – Faz parte da segunda defesa menos vazada do campeonato e deve ser muito exigido fora de casa contra o Santos.

Lateral: Moisés (BOT) – Possui média de 3 RB’s por partida, que somadas com o SG que é provável contra a Chapecoense, já faz dele um dos nomes com perspectivas de pontuação acima dos 10 pontos. Além disso, apoia bem o ataque e quem sabe não dê uma assistência para gol.

Lateral: Marcos Rocha (PAL) – Marcos Pedra é um dos mitos em roubadas de bola, tanto que na rodada passada chegou a quase 9 pontos mesmo sem o SG. Contra o Flu, que vem desfalcado, pode manter o SG e deve sair com ao menos 4 RB’s na conta.

Zagueiro: Pedro Geromel (GRE) – Mesmo que não saia com o SG contra o São Paulo, Geromito deve pontuar bem através das roubadas de bola. Kannemann, seu parceiro de zaga, volta e reforça a defesa gremista, aumentando então a chance do time gaúcho sair de campo com SG pela 11ª vez no campeonato, com apenas 15 rodadas disputadas.

Zagueiro: Leonardo Silva (CAM) – Apesar do Galo sempre aprontar quando é grande favorito a vitória no Horto, a expectativa é que a defesa saia de campo ao menos sem sofrer gol contra o Paraná, que detém o pior ataque do campeonato ao lado do Ceará.

Zagueiro: Victor Cuesta (INT) – Entra no esquadrão pelo fato de ser um dos maiores ladrões de bola do Brasileirão até aqui. Mesmo que não consiga os 5 pontos do SG fora de casa contra o América-MG, deve ter pelo menos 4 RB’s, além de quem sabe mais um gol no campeonato.

Meia: Lucas Paquetá (FLA) – Permanece na equipe mesmo o Fla não jogando em casa. É muito regular e contra um Santos que atualmente está sem técnico, pode aprontar com gol ou assistência, deve roubas muitas bolas e finalizar bastante, contribuindo para a vitória e permanência do Flamengo na liderança do campeonato.

Meia: Patrick (INT) – Mais um que fica na equipe. Joga fora de casa contra um frágil América-MG, que após a saída do técnico Enderson Moreira vem apresentando uma queda de rendimento significativa. A expectativa é que Patrick se destaque como na rodada anterior com finalizações, muitas roubadas de bola e até mesmo uma participação em gol.

Meia: Leonardo Valência (BOT) – O Chileno até que vem mantendo uma boa regularidade de pontuação. Mesmo não fazendo gol, ele tem conseguido grandes pontuações principalmente através de finalizações e participações em gol. Possui média de 5,92 pontos que certamente aumentará após o gol que marcará contra a Chape no Engenhão.

Atacante: Ricardo Oliveira (CAM) (C) – Tem tudo para ser o nome da rodada. A expectativa é que o Pastor broque dois gols contra o frágil Paraná no Horto e recoloque o Galo na briga pelas cabeças no Brasileirão. Ganhou a faixa de Capita do Anti 4-3-3 Mix.

Atacante: Neilton (VIT) – O Vitória tem que se recuperar da goleada sofrida para o seu rival Bahia na rodada passada. Neilton será o cara para levar o time baiano aos três pontos contra o Sport no Barradão. A tendência é que ele deixe sua marca e contribua com uma assistência para gol de algum companheiro de time.

Técnico: Thiago Larghi (CAM) – É o time com maior favoritismo na rodada. Assume o esquadrão, mas o receio é grande, pelo fato do Galo ser conhecido nacionalmente como o time que vacila com os Cartoleiros em jogos considerados “fáceis”.


Outras boas opções:

Goleiros: Danilo Fernandes (INT), Weverton (PAL) e Victor (CAM);
Laterais: Zeca (INT), Fábio Santos (CAM) e Renê (FLA);
Zagueiros: Igor Rabello (BOT), Kannemann (GRE) e Gabriel (CAM);
Meias: Matheus Fernandes (BOT), Arrascaeta (CRU) e Cuellar (FLA);
Atacantes: Everton (GRE), Chará (CAM) e Pedro (FLU);
Técnicos: Renato Gaúcho (GRE), Marcos Paquetá (BOT) e Odair Hellmann (INT).

E aí, vai ser ousado e sair da rotina 4-3-3 nessa rodada? Acha que outra formação seria mais ideal nessa rodada? Comente abaixo. Boa sorte e que a mitagem venha! Forte Abraço.

Por: Augusto Franco
Instagram: @gustimfranco

Botelhense, Engenheiro Civil, 26 anos. "Eu levo a Cruz de Malta no meu peito desde que eu nasci!" Currículo no Cartola FC: 15º em 2009 e 169º em 2015 na Liga Nacional.