O mercado fecha em:
Quero ser sócio

RESUMO DO VITÓRIA EM 2017

6 de maio de 2017 - Luís Gustavo
RESUMO DO VITÓRIA EM 2017

A temporada do Vitória começou repleta de expectativas. Após a saída do craque e mito Marinho, o clube foi em busca de reforços e montou um elenco com várias opções. Entretanto, dentro do campo, o time seguia sob a desconfiança dos torcedores e Argel era constantemente alvo de críticas.

O rubro-negro baiano estreará no Brasileirão dia 14 de maio, diante do Avaí no estádio da Ressacada. A perspectiva do clube é conquistar vaga em alguma competição internacional e não flertar com o rebaixamento.

Enquanto o BR não começa, o Vitória esteve em um momento crucial do primeiro semestre: depois de ser eliminado para o Paraná na Copa do Brasil, onde não conseguiu sequer marcar um golzinho em 180 minutos, enfrentará o seu maior rival em quatro partidas (semifinal do Nordestão e final do estadual) em um intervalo de apenas 10 dias! É a oportunidade para cair nas graças do torcedor ou entrar de vez no martírio.

O grande ponto de interrogação do Vitória era o treinador Argel. Ele estava longe de ser unanimidade no Barradão. De acordo com grande parte da torcida, o time apresentava deficiência tática, era desorganizado e jogava sempre para segurar o resultado. Após a eliminação na Copa do NE, o treinador não aguentou a pressão e foi demitido.

Desempenho nos campeonatos:
Estadual – Finalista
Copa do Nordeste – Eliminado nas semifinais
Copa do Brasil – Eliminado na 4ª fase

29 jogos: 21 vitórias, 5 empates e apenas 3 derrotas. 

Gols marcados: 57
Gols sofridos: 23
Jogos sem marcar gols: 4
Jogos com SG (sem sofrer gols): 13

HOMENS DAS BOLAS PARADAS

Pênaltis: Kieza, Cleiton Xavier e Patric.
Faltas: Fred e Cleiton Xavier.
Escanteios: Patric (direito) e Gabriel Xavier (esquerdo).

ARTILHEIROS EM 2017

– André Lima (ATA) – 10
– Kieza (ATA) – 9
– Cleiton Xavier (MEI) – 6
– David (ATA) – 5
– Paulinho (ATA) – 4
– Alan Costa (ZAG) e Pineda (ATA) – 3
– Dátolo (MEI), Fred (ZAG),  Jhemerson (ATA), Kanu (ZAG) e Euller (LAT) – 2
– Gabriel Xavier (MEI), Patric (LAT), José Wellison (VOL), Bruno Ramires (VOL), Geferson (LAT) e Uillian Correia (VOL) – 1

GARÇONS EM 2017 

– David (ATA) – 5
– Euller (LAT) e Patric (LAT) – 4
– Cleiton Xavier (MEI), José Welison (VOL), Uillian Correia (VOL) e Pineda (ATA) – 3
– Willian Farias(VOL), Norberto (LAT),  Kieza (ATA), Jhemerson (ATA) e Paulinho (ATA) – 2
– Bruno Ramires (VOL), Kanu (ZAG), Gabriel Xavier (MEI), Cardenas (MEI), Fred (ZAG) e André Lima (ATA) – 1 
 

OS MELHORES JOGADORES DO VITÓRIA PARA SE ESCALAR NO CARTOLA FC

Willian Farias: Caiu nas graças da torcida pela raça e forte marcação. Embora não tenha marcado gols, possui 2 assistências.

Patric: Chegou, vestiu a camisa e assumiu a posição. Não é bom defensivamente, mas tem um excelente vigor físico e apoia muito bem o ataque. Marcou 1 gol e deu 4 assistências.

Kieza e André Lima: Apesar das oscilações, são matadores. A concorrência para ser o centroavante do Vitória é muito forte. Estavam empatados em números de gols, mas Kieza sofreu uma lesão e foi superado.

Euller, David e Jhemerson: Jovens promissores. Euller, lateral esquerdo de origem, passou a ser usado como meia esquerda. David, que teve proposta recusada de 12 milhões de um clube chinês pelo Vitória, ocupa a faixa do campo que era do Marinho e vem sendo efetivo com passes e gols. Jhemerson costuma ser opção para o segundo tempo, já fez 2 gols e 2 assistências.

Luís Gustavo

Torcedor do Sport Club do Recife e treinador do PeloSportTudo 87 FC

Dicas