O mercado fecha em:

RESUMO DO FLUMINENSE EM 2017

O cartoleiro que viu o Fluminense na temporada de 2016 deve estar imaginando que o time só irá cumprir tabela mais uma vez no Brasileirão. Entretanto, em 2017, apesar de ter mantido a base da equipe do ano passado, os reforços contratados, como os equatorianos Sornoza e Orejuela, adicionaram muita qualidade ao meio campo do Fluzão, […]

Postado em: 7 de maio de 2017
Atualização: 13 de abril de 2020
Autor:
Tempo de leitura: 3 minutos

O cartoleiro que viu o Fluminense na temporada de 2016 deve estar imaginando que o time só irá cumprir tabela mais uma vez no Brasileirão. Entretanto, em 2017, apesar de ter mantido a base da equipe do ano passado, os reforços contratados, como os equatorianos Sornoza e Orejuela, adicionaram muita qualidade ao meio campo do Fluzão, além do técnico Abel Braga, que acabou com a desorganização deixada por Levir Culpi e se tornou uma peça fundamental. Nota-se claramente que o Fluminense ganhou padrão de jogo e se tornou um time aguerrido que busca o resultado até o final, fazendo jogo duro contra qualquer adversário.

No Campeonato Carioca 2017, o Fluminense começou muito bem, conquistando a Taça Guanabara em cima do Flamengo de forma invicta e manteve a segunda melhor campanha do torneio, atrás apenas do Rubro-Negro. No decorrer do campeonato, o time titular do Abelão venceu o Vasco duas vezes por 3 a 0, o Botafogo uma vez por 3 a 2, colecionou dois empates e, na final do campeonato, foi derrotado duas vezes pelo Flamengo.

Na Copa do Brasil, o Fluminense avançou em todas as fases e está garantido nas oitavas de final. A equipe das Laranjeiras também venceu o Liverpool (URU) em sua estreia na Copa Sulamericana que, aparentemente, é o foco dos tricolores nesse ano. Além disso, o Fluminense avançou na fase de grupos na Primeira Liga, onde joga para defender o seu título, mas parece que o torneio vem perdendo interesse das equipes que o disputam, pois as mesmas vem utilizando times mistos ou até mesmo reservas nas partidas.

Com esse ótimo desempenho coletivo e contando com um ataque endiabrado formado por Wellington Silva, Richarlisson e Henrique Ceifador, os tricolores esperam brigar na parte de cima da tabela e ir longe em todos os torneios que disputam em 2017.

Segue abaixo o desempenho geral do Fluminense em jogos oficiais na temporada até o momento (08/05):

Desempenho nos campeonatos:
Carioca: vice-campeão
Copa do Brasil: disputando Oitavas de final
Copa Sulamericana: disputando primeira fase
Primeira Liga: disputando Quartas de final

27 Jogos: 15 Vitórias, 6 Empates, 6 Derrotas
Gols Marcados: 56
Gols sofridos: 29
Jogos sem marcar gols: 3
Jogos sem levar gols: 11

BOLAS PARADAS

Pênaltis: Henrique Dourado (ATA), Richarlisson (ATA) e Gustavo Scarpa (MEC)
Faltas: Gustavo Scarpa (MEC) e Sornoza (MEC)
Escanteios: Gustavo Scarpa (MEC) e Sornoza (MEC)

ARTILHEIROS EM 2017

Henrique Dourado (ATA): 11
Richarlisson (ATA): 9
Wellington Silva (ATA): 6
Gustavo Scarpa (MEC), Sornoza (MEC), Pedro (ATA) – 4
Marcos Junior (ATA), Lucas (LAT), Léo (LAT), Nogueira (ZAG), Henrique (ZAG) – 2
Reginaldo (ZAG), Renato (LAT), Renato Chaves (ZAG), Wendel (VOL), Marquinho (MEC), Douglas (VOL), Danielzinho (MEC), Osvaldo (ATA – foi par o Sport) – 1

GARÇONS EM 2017 (ASSISTÊNCIAS)

Sornoza (MEC): 7
Wellington Silva (ATA): 6
Richarlisson (ATA), Léo (LAT): 4
Lucas (LAT): 3
Gustavo Scarpa (MEC), Pedro (ATA), Douglas (VOL), Renato Chaves (ZAG) – 2
Marcos Junior (ATA), Henrique (ZAG), Marquinho (MEC), Calazans (ATA), Maranhão (ATA), Mateus Norton (LAT) – 1

OS MELHORES JOGADORES DO FLUMINENSE PARA SE ESCALAR NO CARTOLA FC

Henrique Dourado (atacante): é o artilheiro da equipe na temporada e conta com um sistema de jogo que lhe ajuda bastante. Isso porque o time joga com dois caras rápidos pelas pontas e com um meia de muita qualidade no passe, facilitando o trabalho do Ceifador.

Gustavo Scarpa (meia): camisa 10 do time, ficou fora de mais da metade da temporada devido a uma entrada criminosa que sofreu na semi-final da taça Guanabara contra o Madureira. Promete realizar muitas assistências e costuma ter um aproveitamento muito bom em chutes de fora da área.

Richarlisson (atacante): jogador que junta velocidade e força, tem feito ótimas partidas pelo Fluminense e, apesar de ter ficado fora da equipe no inicio do Carioca por estar com a seleção Sub-20, fez muitos gols desde que voltou e é o segundo maior artilheiro do time na temporada.

Wellington (atacante): atleta mais habilidoso do Fluzão, com ótimos repertórios de dribles. Tem fama de fominha, pois costuma fazer jogadas individuais partindo para cima e tentando a finalização.

Sornoza (meia): tem características parecidas com o Scarpa, mas tem mais qualidade no passe, entretanto, não finaliza tanto quanto ele. Fica mais por conta das assistências mesmo.

Orejuela (volante): Grande surpresa para a torcida tricolor, volante com percentual baixíssimo de erro de passes, além de muitas roubadas de bola e altíssima qualidade na saída de jogo. Não costuma finalizar muito, mas as roubadas de bola podem fazê-lo ter uma média de pontuação boa.

*Escrito por Felipe Rocha
*Estatísticas por Felipe Melo

Um dos idealizadores do CartolaFC Mix. Soteropolitano, angolano, brasileiro. Louco por futebol e sempre de bom humor, afinal, um dia sem rir é um dia perdido. No cartola, comanda o Oloko Mito.