O mercado fecha em:
Quero ser sócio

RESUMO DO ATLÉTICO-PR EM 2017

6 de maio de 2017 - Luís Gustavo
RESUMO DO ATLÉTICO-PR EM 2017

O Furacão iniciou 2017 disputando Estadual e a pré-Libertadores, deixando o campeonato local de lado e focando na disputa mais importante da América. Ainda assim, conseguiu a classificação para o mata-mata do Paranaense na última rodada, eliminou Paraná e Londrina e saiu em desvantagem diante do Coritiba no primeiro jogo da final. Já na Libertadores, conseguiu a vaga para a fase de grupos após duelos extremamente complicados contra o Millonarios e o Deportivo Capiatá. No grupo 4 da Libertadores, sofreu uma derrota surpreendente na Arena da Baixada frente ao San Lorenzo, o que obriga o time a vencer na última rodada para continuar avançando na competição sem depender do outro confronto do grupo.

Embora possua o pior aproveitamento de pontos entre os times da Série A, principalmente pelo fato de ter utilizado times alternativos no estadual, a expectativa é que o clube faça um Brasileiro seguro e brigue por vaga em competição internacional. Para isso, é preciso encontrar um equilíbrio, pois, ano passado, teve desempenho de time campeão na Baixada e números semelhantes ao do seu rebaixamento em 2011 jogando fora de casa.

O Atlético-PR estreará no Brasileirão contra o Bahia, no dia 14 de Maio, na Fonte Nova.

Desempenho nos campeonatos
Estadual: Finalista
Copa do Brasil: Disputando as Oitavas de final
Libertadores: Disputando a fase de grupos

25 jogos: 8 vitórias, 9 empates e 8 derrotas
Gols marcados: 27
Gols sofridos: 27
Total de jogos sem marcar gols: 8
Total de jogos com SG (sem sofrer gols) : 9

HOMENS DAS BOLAS PARADAS

Pênaltis: Felipe Gedoz, Grafite e Thiago Heleno
Faltas: Felipe Gedoz
Escanteios: Matheus Rossetto, Renan Lodi, João Pedro e Nikão

ARTILHEIROS EM 2017

– Felipe Gedoz (MEI) e Matheus Anjos (MEI) – 4
– Lucho (MEI) e Nikão (MEI) – 3
– Crysan (ATA) e João Pedro (MEI) – 2
– Rossetto (VOL), Grafite (ATA), Pablo (ATA), Douglas Coutinho (MEI), Zé Ivaldo (LAT), Eduardo da Silva (ATA), Renan Paulino (VOL) e Thiago Heleno (ZAG) – 1 

GARÇONS EM 2017

– Matheus Rossetto (MEI) – 3
– Paulo André (ZAG) e Nicolas (LAT)- 2
– Bruno Rodrigues (ATA), Matheus Anjos (MEI), Jonathan, (LAT), Sidcley (LAT), Renan Lodi (LAT), João Pedro (MEI), Douglas Coutinho (ATA), Cascardo (LAT) e Eduardo da Silva (ATA) – 1 

OS MELHORES JOGADORES DO ATLÉTICO-PR PARA SE ESCALAR NO CARTOLA FC

Weverton:  Não é à toa que é o goleiro mais caro do game. Jogador de seleção brasileira, é bem-visto por Tite e idolatrado pela torcida do Furacão. Quando o Atlético joga em casa, é sempre a melhor opção para garantir o SG.

Felipe Gedoz: Principal contratação do time na temporada, consolidou carreira na Bélgica e agora tenta se firmar no seu país de origem. Aos 23 anos, o jogador polivante e de “pegada” uruguaia apresenta um futebol agressivo e rápido.

Thiago Heleno: Após uma longa novela, renovou com o Atlético-PR por mais 4 anos e, sem dúvidas, tornou-se também um grande reforço. O zagueiro é ídolo. No cartola, não é destaque pelas RB´s, mas garante vários SG´s e gosta de mitar com gols: ora de pênalti, ora de cabeça.

Matheus Rossetto: Substituto do Hernani? Tudo indica que sim. Aos 20 anos, é mais uma revelação do CAP. Jogador habilidoso e inteligente, bate muita bem na bola e costuma surpreender com muitas qualidade em suas participações ofensivas. Possui 3 assistências e 1 gol na temporada.

Lucho Gonzalez: É outro ótimo nome para o CartolaFC, possui muita experiência e está sendo decisivo na Libertadores, onde já marcou 3 gols.

Luís Gustavo

Torcedor do Sport Club do Recife e treinador do PeloSportTudo 87 FC

Dicas