O mercado fecha em:

Os melhores jogadores do Vitória para se escalar no Cartola FC 2016

O Vitória chega no Campeonato Brasileiro como Campeão Baiano de 2016. Dentro de casa, seja no Barradão ou na Fonte, o Leão venceu todas como mandante. O rubro-negro conseguiu reverter a vantagem do rival na final do campeonato, vencendo a partida de ida por 2×0 e perdendo a segunda por 1×0. Além disso, venceu um […]

Postado em: 11 de maio de 2016
Atualização: 8 de junho de 2016
Autor:
Tempo de leitura: 3 minutos

O Vitória chega no Campeonato Brasileiro como Campeão Baiano de 2016. Dentro de casa, seja no Barradão ou na Fonte, o Leão venceu todas como mandante. O rubro-negro conseguiu reverter a vantagem do rival na final do campeonato, vencendo a partida de ida por 2×0 e perdendo a segunda por 1×0. Além disso, venceu um amistoso contra o Tianjin Quanjian da china por 5×1 e duas partidas contra o Náutico de Roraima na Copa do Brasil (3×2 e 3×1)

Vitórias – 11
Derrotas – 3
Empates – 1
Gols Pró – 33

Gols Contra – 11

Artilheiro na temporada: Marinho com 8 gols.

Bolas paradas: O cobrador oficial de pênaltis é Diego Renan. As faltas frontais são cobradas geralmente por Marinho e Leandro Domingues. As laterais são responsabilidade de José Welison e Vander. Os escanteios são executados por Leandro Domingues, Marinho e Dagoberto.

Os melhores jogadores do Vitória para se escalar no Cartola FC 

Caíque (goleiro): Um dos destaques da Conquista do título, o jovem goleiro de 18 anos estreou no primeiro clássico do ano e não decepcionou. Fez defesas difíceis e garantiu o triunfo rubro-negro na Fonte Nova. Nos dois clássicos seguintes, pelas finais do campeonato, o arqueiro mais uma vez fechou o gol e foi um dos grandes responsáveis pelo título estadual do Leão. As boas atuações renderam ao jovem uma convocação para a seleção sub-20. Sem dúvidas, Caíque é uma ótima opção para conseguir pontos com defesas difíceis.

Diego Renan (lateral): Capitão do time e um dos jogadores mais regulares da temporada, o lateral Ambidestro brigou até o fim pela artilharia do baiano, marcando o gol mais bonito do campeonato. DR também é o bater oficial de pênaltis do time e converteu todas as oportunidades. Ofensivo, é uma ótima opção para assistências e gols para o cartola.

Marinho (atacante no cartola): Eleito craque do Baianão e melhor meia esquerda, o atleta caiu nos braços da torcida. Dedicado 90 minutos em campo, é uma excelente escolha para ter algumas roubadas de bola e várias faltas sofridas. Além de assistências e gols marcados. Caso queira investir um pouco mais, Marinho é uma excelente opção para seu time.

Fernando Miguel (goleiro): Experiente e passa segurança para o elenco. É um dos líderes do grupo, além de ter excelente aproveitamento em defesas de pênalti. Assim como Caíque, é uma boa opção para defender o gol do seu time.

William Farias (volante): Contestado no começo, se firmou com muita vontade e raça dentro de campo. Eleito pela maioria como melhor jogador nas duas finais, Farias é garantia de algumas roubadas de bola, além de cometer menos faltas do que seu companheiro Amaral.

Ramon (zagueiro): Titular incontestável e unanimidade na torcida rubro-negra, Ramon é mais um zagueiro da Fábrica de Talentos do Leão. Técnico e calmo como um veterano, o jovem é uma ótima aposta para conseguir roubadas de bola, além de raramente errar um passe.

Kieza (atacante): Uma das principais contratações da temporada, o atacante tem a confiança do elenco e de toda a comissão técnica. Um dos artilheiros do Brasil ano passado, a tendência é que o K9 deslanche de vez e faça um bom campeonato Brasileiro.

*Marinho é o atual artilheiro da Copa do Brasil com 5 gols em 2 jogos.

*O Vitória dominou a seleção do Campeonato Baiano com 7 nomes: Caíque (revelação do campeonato), Diego Renan (que marcou o gol eleito mais bonito), Ramon, Amaral, William Farias, Marinho (melhor meia esquerda e craque do campeonato) e o técnico Wagner Mancini.

Por Arena Rubro-Negra
Twitter: @ArenaRubroECV

Um dos idealizadores do CartolaFC Mix. Soteropolitano, angolano, brasileiro. Louco por futebol e sempre de bom humor, afinal, um dia sem rir é um dia perdido. No cartola, comanda o Oloko Mito.