O mercado fecha em:

Os melhores jogadores do Sport para se escalar no Cartola F.C

Crédito da Imagem: Rádio Jornal Time: Sport Desempenho no ano: O Leão da Ilha do Retiro faz um primeiro semestre que deixa seu torcedor animado para o restante da temporada. Campeão da Copa do Nordeste – competição que reúne os melhores da região e tem ganhado mais visibilidade a cada ano – e campeão do […]

Postado em: 15 de abril de 2014
Atualização: 8 de junho de 2016
Autor:
Tempo de leitura: 4 minutos
Crédito da Imagem: Rádio Jornal
Time: Sport
Desempenho no ano:
O Leão da Ilha do Retiro faz um primeiro semestre que deixa seu torcedor animado para o restante da temporada. Campeão da Copa do Nordeste – competição que reúne os melhores da região e tem ganhado mais visibilidade a cada ano – e campeão do Campeonato Pernambucano, o Sport vai embalado para o Brasileirão.
Na volta à Série A após cair em 2012, o Sport dessa vez promete fazer diferente. Com o elenco completamente renovado (apenas Magrão, Rithely e Felipe Azevedo remanescentes), o cartoleiro terá boas opções – e com preços bons – para acrescentar no seu time no Cartola FC.
Artilharia 2014:
Neto Baiano – 14 gols
Felipe Azevedo – 4 gols
Bola parada: Aílton (cobranças do lado direito); Danilo e Renê (cobranças do lado esquerdo)
Time base: Magrão; Patric, Ferron, Durval e Renê; Rodrigo Mancha, Éverton Páscoa, Wendel e Aílton (Renan Oliveira); Felipe Azevedo (Leonardo) e Neto Baiano
Os melhores jogadores do Sport para se escalar no Cartola F.C
Magrão – O lendário goleiro rubro-negro, mesmo aos 37 anos, parece estar no auge da sua forma física e técnica, relembrando o Magrão que conquistou a Copa do Brasil em 2008 e fez uma grande Libertadores no ano seguinte. É um grande pegador de pênaltis (pegou 19 na carreira). Está com um preço acessível (C$ 9,00) e é uma ótima opção, já que conta com a ajuda de um sistema defensivo que tem se mostrado sólido no Sport esse ano.
Patric – Lateral-direito que tem crescido bastante no time desde o ano passado. Ainda é um pouco inseguro na marcação, mas tem um vigor físico impressionante e sempre aparece no campo de ataque, inclusive com assistências, principalmente em bolas rasteiras com velocidade.
Durval – O zagueiro “Xerife da Ilha” está de volta esse ano, após 4 temporadas no Santos. No seu retorno, deu uma segurança que a defesa rubro-negra não tinha desde a sua saída. Atravessa grande fase, sempre preciso nos desarmes; leva poucos cartões amarelos e costuma cometer no máximo 3 faltas por jogo. Esse ano ainda não balançou as redes adversárias, mas é uma das suas especialidades.
Renê – Destaque das categorias de base do Sport, o jovem lateral-esquerdo Renê ganhou nova chance em 2014 e vem superando as expectativas. Foi um dos principais jogadores rubro-negros na conquista da Copa do Nordeste, com cruzamentos perfeitos (bola rolando e escanteios), além de muito seguro na marcação.
Rodrigo Mancha – Volante que começou o ano jogando fora da sua posição e chegou até a ir para o banco de reservas. Depois que voltou, tornou-se essencial ao time e não saiu mais. É o verdadeiro cão de guarda dessa equipe, com desarmes precisos na cabeça-de-área e ótima saída de jogo. Aparece pouco no ataque, mas sempre é uma opção na bola aérea, pela sua estatura.
Éverton Páscoa – Tem sido a dupla perfeita para Rodrigo Mancha. Os dois estão muito bem entrosados. Páscoa aparece mais como elemento surpresa no ataque, e pode ser uma boa opção para o cartoleiro que gosta de montar um meio-de-campo versátil. É um volante que costuma chegar finalizando no campo de ataque. Além disso, corre o jogo inteiro e marca com muita vitalidade.
Neto Baiano – É o grande destaque do time do Sport. Com seu estilo provocador e aguerrido, consegue irritar os adversários e tirar proveito disso. Fez gol em praticamente todos os jogos decisivos do Leão no ano, além de ser o cobrador de pênaltis da equipe.  Finaliza com as duas pernas, cobra faltas da intermediária com muita força. Costuma levar cartão amarelo e isso pode diminuir sua pontuação, mas com certeza é uma grande opção para o cartoleiro, com um custo-benefício excelente (custa apenas C$ 5,00).
 Olho neles:
Renan Oliveira (meia) – Foi o grande nome do Goiás em 2013, ao lado de Walter; era o principal armador da equipe e foi uma das revelações do Campeonato Brasileiro. Chegou ao Sport com os campeonatos já em andamento e só agora está conseguindo mostrar o seu valor; aos poucos, deve se tornar o dono da camisa 10 rubro-negra. Podem apostar, em breve!
Leonardo (atacante) – É outro recém-chegado ao elenco do Sport, mas estreou com moral na Ilha do Retiro no último final de semana. Fez o gol que classificou o Leão à final do Pernambucano. A torcida aposta que, ao longo dos próximos jogos, ele entre na vaga de Felipe Azevedo (que não vem agradando) e faça a dupla artilheira com Neto Baiano. Entretanto, precisa adquirir melhor forma física, pois já se machucou duas vezes em menos de dois meses.
Obsas opiniões aqui contidas, não refletem, necessariamente, a opinião do CartolaFC Mix.
É isso, cartoleiros! Espero ter contribuído para esse início de Cartola FC. Aos que não me conhecem, tenho um perfil no Twitter (@Artur_Rego), onde costumo opinar e informar bastante sobre o dia a dia do Sport. Tenho também um blog (@BlogSRN), que está passando por uma reformulação e em breve deve voltar ao ar. Acompanhem-me e conversem comigo no Twitter (@Artur_Rego), vai ser um prazer. 
Abraço!
Artur Rêgo

Um dos idealizadores do CartolaFC Mix. Soteropolitano, angolano, brasileiro. Louco por futebol e sempre de bom humor, afinal, um dia sem rir é um dia perdido. No cartola, comanda o Oloko Mito.

Dicas