O mercado fecha em:

Os melhores jogadores do Red Bull Bragantino para se escalar no Cartola FC 2020

O ano de 2020 começou com tudo/para o Red Bull Bragantino. O time formado pela fusão do patrocínio da marca de bebidas energéticas com o time da cidade de Bragança Paulista foi coroado com o campeonato da série B de 2019. Em 2020, entrou com tudo no mercado e se tornou um dos dez times […]

Postado em: 20 de fevereiro de 2020
Atualização: 5 de agosto de 2020
Tempo de leitura: 4 minutos

O ano de 2020 começou com tudo/para o Red Bull Bragantino. O time formado pela fusão do patrocínio da marca de bebidas energéticas com o time da cidade de Bragança Paulista foi coroado com o campeonato da série B de 2019. Em 2020, entrou com tudo no mercado e se tornou um dos dez times que mais investiram no elenco. No total, o time já gastou quase 60 milhões em contratações no ano.

De acordo com levantamento do jornalista Rafael Reis, do Uol, o clube brasileiro é o 10ª da lista encabeçada pelo Napoli, da Itália, que gastou 46 milhões de euros. O Red Bull Bragantino gastou o equivalente a 12,9 milhões de euros com as contratações do zagueiro Leo Realpe e dos atacantes Artur, Alerrando e Thonny Anderson. O lateral esquerdo Luan Cândido e o volante Matheus Jesus chegaram ao time por empréstimo.

DESEMPENHO GERAL

Desempenho Geral
15 jogos:
8 vitórias, 3 empates e 4 derrotas
Gols Marcados: 20
Gols Sofridos: 12
Jogos com SG (sem sofrer gol): 6
Jogos sem marcar gol: 6

Desempenho Como Mandante
7 jogos:
5 vitórias e 2 derrotas
Gols Marcados: 
13
Gols Sofridos:
5
Jogos com SG (sem sofrer gol
): 3
Jogos sem marcar gol: 2

Desempenho como visitante:
6 jogos: 2 vitórias, 2 empates e 2 derrotas
Gols Marcados: 5
Gols Sofridos: 6
Jogos com SG (sem sofrer gol): 2
Jogos sem marcar gol: 4

Campeonato Paulista –  ELIMINADO NAS QUARTAS DE FINAL PELO CORINTHIANS

13 jogos: 7 vitórias, 2 empates e 4 derrotas
Gols Marcados: 18
Gols Sofridos: 11
Jogos com SG (sem sofrer gol): 5
Jogos sem marcar gol: 6

Desempenho Como Mandante
7 jogos:
5 vitórias e 2 derrotas
Gols Marcados: 
13
Gols Sofridos:
5
Jogos com SG (sem sofrer gol
): 3
Jogos sem marcar gol: 2

Desempenho como visitante:
6 jogos: 2 vitórias, 2 empates e 2 derrotas
Gols Marcados: 5
Gols Sofridos: 6
Jogos com SG (sem sofrer gol): 2
Jogos sem marcar gol: 4

TROFÉU DO INTERIOR – CAMPEÃO

2 jogos: 1 vitória e 1 empates 
Gols Marcados: 2
Gols Sofridos: 1
Jogos com SG (sem sofrer gol): 1
Jogos sem marcar gol: 0

ESCALAÇÃO BASE

Goleiro: Julio César
Laterais: Aderlan e Edimar
Zagueiros: Fabrício Bruno e Ligger
Meias: Rayller, Matheus Jesus e Vitinho
Atacantes: Ytalo, Morato e Artur

Quem chegou: Artur (ATA), Alerrandro (ATA), Cleiton (GOL), Thonny Anderson (MEI), Weverton (LAT), Leonardo Realpe (ZAG), Fabrício Bruno (ZAG), Claudinho (LAT), Ricardo Ryller (MEI), Romário (LAT), Matheus Jesus (VOL), Luan Cândido (LAT), Ligger (ZAG), Jonathan Costa (VOL), Gabriel Tonini (VOL), Rafael Mosa (MEI).

Quem saiu: Thiago Ribeiro (ATA), Anderson Marques (ZAG), Kewin (GOL), Dheimison (GOL), Rafael Carioca (LAT), Lucas Ramon (LAT), Rayan (ZAG), Baralhas (MEI), Pio (MEI), Roberton (ATA).

HOMENS DAS BOLAS PARADAS

Faltas: Edimar e Vitinho
Escanteios: Vitinho
Pênaltis: Ytalo

ARTILHEIROS EM 2020

Geral:
7 gols – Ytalo
2 gols – Artur, Matheus Jesus, Morato e Leo Ortiz
1 gol – Uillian Correia, Claudinho e Artur

Como mandante:
5 gols – Ytalo
2 gols – Claudinho, Artur e Leo Ortiz
1 gol – Uillian Correia e Matheus Jesus

Como visitante:
2 gols – Ytalo
1 gol – Morato, Matheus Jesus e Artur

GARÇONS EM 2019

Geral:
2 assistências – 
Ytalo, Thonny Anderson, Aderlan e Edimar
1 assistência – Claudinho, Ligger, Artur, Morato, Vitinho e Alerrandro

Como mandante
2 assistências –
Ytalo, Aderlan e Edimar
1 assistência – Claudinho, Ligger, Artur, Thonny Anderson e Alerrandro

Como visitante:
1 assistência – Thonny Anderson, Morato, Ligger e Artur

OLHO NELES: OS JOGADORES QUE PROMETEM NO CARTOLA FC 2020

Júlio César (GOL) – O goleiro foi um dos destaques do time na campanha vitoriosa da série B. Com certeza é um dos jogadores mais experientes do elenco jovem do Bragantino e terá que continuar jogando em alto nível já que seu novo concorrente de posição é o jogador Cleiton (ex Atlético-MG);
Léo Ortiz (ZAG) – Zagueiro novo e xerife do time. Tem ao seu lado Ligger, onde juntos formam a dupla também do ano anterior. Além dos dois, foi contratado também o jogador Leo Realpe que vem como promessa. De toda forma, dentre as opções, Léo Ortiz ao meu ver é o mais confiável da posição. Fabrício Bruno do Cruzeiro também foi contratado e aparece como boa opção, já que foi muito bem pelo Cruzeiro no ano de 2019 (mesmo com a queda da raposa).
Barreto (VOL) – É um volante combativo e técnico, o que é difícil para a posição. Boa aposta para se ficar de olho e que talvez possa render RB’s.
Matheus Jesus (VOL) – Ano passado foi o volante com mais gols do paulistão pelo Oeste. No Corinthians não foi muito bem, mas tem muita condição para se destacar no jovem elenco do Bragantino. Foi também o primeiro volante em número de dribles no paulistão de 2019.
Claudinho (MEI) – Foi o melhor jogador do Bragantino na campanha do título da série B e merece destaque por ser um meia articulador e que aparece bem como elemento surpresa.
Thonny Anderson (MEI) – Começou no Grêmio na última temporada, mas se destacou mesmo ao ser emprestado para o Athlético-PR, onde fez 5 gols e deu 6 assistências em 33 jogos. Atua pelos dois lados e percorre bem por todo o campo. Foi o jogador do Athlético-PR no ano passado que menos precisou de minutos para fazer gols.
Artur (ATA) – O jogador foi muito bem pelo Bahia e chegou fazendo gols no time de Bragança. Tem um número alto de finalizações e pode aparecer bem com scouts menores.
Ytalo (ATA) – Um dos jogadores mais eficientes do Bragantino. Centroavante do time com um número alto de acertos de chute de dentro da área (ou seja, exímio finalizador).
Alerrandro (ATA) – Chega ao Bragantino após fazer 13 gols em 29 jogos pelo Atlético-MG e tem tudo para se destacar no elenco jovem do time, já que também tem pouca idade, o que facilita na adaptação.

24 anos, coração goiano morando em Niterói-RJ. Comando o Schincariol EC e garanto: "eu não tenho culpa de ter cerveja até no sobrenome".