O mercado fecha em:

Os melhores jogadores do Atlético-MG para se escalar no CartolaFC 2016

O Atlético-MG chega ao Campeonato Brasileiro como vice campeão mineiro, tendo perdido a final para o América-MG. Anteriormente, venceu o torneio amistoso de pré-temporada Flórida Cup, onde venceu Schalke 04 e Corinthians, além de ter sido mero coadjuvante na Primeira Liga, quando perdeu para Flamengo e Figueirense, e empatou com o América-MG. Atualmente, disputa as […]

Postado em: 9 de maio de 2016
Atualização: 8 de junho de 2016
Autor:
Tempo de leitura: 3 minutos

O Atlético-MG
chega ao Campeonato Brasileiro como vice campeão mineiro, tendo perdido a final
para o América-MG. Anteriormente, venceu o torneio amistoso de pré-temporada
Flórida Cup, onde venceu Schalke 04 e Corinthians, além de ter sido mero
coadjuvante na Primeira Liga, quando perdeu para Flamengo e Figueirense, e
empatou com o América-MG. Atualmente, disputa as quartas de final da
Libertadores, tendo agora pela frente o São Paulo.

Atlético
em 2016

28 jogos (Florida
Cup 2, Mineiro 15, Primeira Liga 3, Libertadores 8)
14 vitórias (Florida
Cup 2, Mineiro 7, Primeira Liga 0, Libertadores 5)
7 empates (Flórida
Cup 0, Mineiro 4, Primeira Liga 1, Libertadores 2)
7 derrotas (Flórida
Cup 0, Mineiro 4, Primeira Liga 2, Libertadores 1)
51 Gols PRÓ (Florida
Cup 4, Mineiro 31, Primeira Liga 2, Libertadores 14)
26 Gols CONTRA (Florida
Cup 0, Mineiro 16, Primeira Liga 5, Libertadores 5)
Artilheiros
do ano
Robinho, 10 gols: Florida Cup 0 (não jogou) + Mineiro 9 + Primeira Liga 0 (não jogou) +
Libertadores 1

Pratto, 10 gols: Florida Cup 0 + Mineiro 6 + Primeira Liga 0 + Libertadores 4

Jr. Urso, 3 gols: Florida Cup 0 (não jogou) + Mineiro 2 + Primeira Liga 0 (não jogou) +
Libertadores 1.
Homem
da bola parada

Pratto é o batedor
oficial de pênaltis. Dátolo, quando joga, bate faltas e escanteios, mas no
momento encontra-se lesionado. Atualmente, Rafael Carioca bate faltas, e os
escanteios são batidos por Marcos Rocha, Douglas Santos e Robinho.

Os
melhores jogadores do Atlético-MG para se escalar no Cartola F.C

Leonardo
Silva:
apesar
de estar sentido o passar do tempo (36 anos de idade), ainda mostra-se um
zagueiro de alto nível, marcante pelas roubadas de bola e pela constante
presença na área, onde finaliza bastante e frequentemente marca seus gols. Com
o time com um sistema defensivo mais consistente em 2016, jogando em casa
sempre tem boas chances de sair com o saldo de gol.

Marcos
Rocha:
é
eleito há 4 anos o melhor lateral direito do Campeonato Brasileiro, com justiça.
Firme nas roubadas de bola, o camisa 2 apoia muito bem o ataque, sendo uma
ótima opção para assistências, e vez ou outra finalizações/gols. Costuma sofrer
faltas. Com o time com um sistema defensivo mais consistente em 2016, jogando
em casa sempre tem boas chances de sair com o saldo de gol.

Junior
Urso:

contratado nessa temporada, o Urso logo garantiu vaga no time titular, sendo um
dos melhores jogadores do Galo na temporada. Com enorme vigor físico, o volante
é ótima opção nas roubadas de bola, e sofre muitas faltas durante o jogo. Além
disso, frequentemente apresenta-se no ataque como elemento surpresa,
finalizando e possivelmente dando assistências.

Dátolo:
vive
um ano marcado por lesões (já é a 3ª), mas agrada ao treinador Diego Aguirre,
que o escala sempre que possível. Dátolo é excelente opção na bola parada, onde
costuma dar assistências, e eventualmente marcar um golzinho. No meio, sofre
faltas com frequência, e com um bom passe, costuma deixar seus companheiros em
condições de marcar.

Clayton:
ainda
não mostrou o futebol que encantou vários times grandes quando atuava no
Figueirense, mas é notório que é um
jogador de qualidade. Destacando-se pela velocidade e habilidade, Clayton é um
atacante incisivo, de beirada de campo, que parte pra cima e é boa opção para
gols e assistências. Costuma sofrer bastante faltas. Ainda é reserva, mas costuma
entrar no segundo tempo.

Robinho:
dispensa
comentários acerca de sua qualidade técnica. Robinho foi contratado nessa
temporada e já sagrou-se artilheiro do Campeonato Mineiro, com 9 gols, sendo 2
hat-tricks (3 gols em um jogo). Com bastante movimentação, sofre bastante
faltas ao longo da partida, além de sempre ser boa opção para assistências e
gols.

Lucas
Pratto:
Depois
de um início de temporada monótono, Pratto vem se destacando jogo após jogo
pelo Galo, sendo um dos melhores jogadores do time. Presença garantida nas
cobranças de pênalti, o camisa 9 é constantemente acionado na área pelos
companheiros, mostrando-se ótima opção para gols, assistências, e eventuais
faltas sofridas e roubadas de bola. Tem instinto goleador inquestionável, e é
uma das grandes opções para o ataque no Cartola FC 2016. 

Por Pedro Henrique Cordeiro

Um dos idealizadores do CartolaFC Mix. Soteropolitano, angolano, brasileiro. Louco por futebol e sempre de bom humor, afinal, um dia sem rir é um dia perdido. No cartola, comanda o Oloko Mito.

Dicas