O mercado fecha em:
Quero ser sócio

Os melhores jogadores do Athlético-PR para se escalar no CartolaFC 2019

16 de abril de 2019 - Beto Oliver
Os melhores jogadores do Athlético-PR para se escalar no CartolaFC 2019

(ATUALIZADO EM 16/04/2019)

Nadando em grandes ondas, o Atlhetico Paranaense chegará em alta no Brasileirão. Considerado por muitos como time que pratica o melhor futebol do país, o Furação é um acervo de possíveis mitos para fazer a alegria e aumentar a pontuação da escalação da galera. É verdade que, ao misturar os times entre as competições, existe algumas dúvidas para saber quem de fato contará e quem no final das contas ficará sem espaço. Contudo, tendo em vista alguns nomes que já estão se destacando há um considerável tempo, fica fácil e até cômodo saber a escolha certa para o momento ideal no momento de escalar! Com a base de uma equipe sub-23 no Estadual e com força máxima na Libertadores, o scouts do Atlético são diversificados. No Campeonato Paranaense Bergson e Marquinho (veterano ex-Fluminense e Roma) são os destaques e artilheiros do elenco no ano. No entanto, ambos não figuram nem sequer nas opções de banco quando o rubro-negro vai para campo na competição internacional. Foi por sinal na Continental que o time viveu até aqui o grande momento de um clube brasileiro no ano. Em uma exibição brilhante contra o poderoso Boca Juniors, o Furacão passou o rodo nos argentinos dentro da Baixada e venceu por 3 a 0 com show de Marco Rubén.

Desempenho nos campeonatos que disputou:

Estadual: Disputando a final;
Libertadores: Lidera o grupo G, com 9 pontos conquistados após 4 partidas.

18 jogos: 10 Vitórias, 3 empates, 5 derrotas – 61% de aproveitamento
Gols Marcados – 35
Gols Sofridos – 14
Jogos sem marcar gols – 4
Jogos com SG (sem sofrer gols) – 10

HOMENS DAS BOLAS PARADAS

Faltas: Lucho (MEI) e Rossetto (MEI);
Escanteios: Lucho (MEI), Jonathan (LAT) e Rossetto (MEI);
Pênaltis: Marco Rubén (ATA).

ARTILHEIROS EM 2019

Bergson (ATA) – 6 gols;
Marquinho (MEI) – 5 gols;
Marco Ruben (ATA) – 4 gols;
Matheus Anjos (MEI) – 3 gols;
Vitor Naum (ATA), Lucas Halter (ZAG), Erick (MEI) e Bruno Guimarães (MEI)– 2 gols;
Bruno Leite (MEI), Bruno Rodrigues (MEI), Renan Lodi (LAT), Tomás Andrade (MEI), Leo Cittadini (MEI), Bill (ATA) e Khellven (LAT)– 1 gol

GARÇONS EM 2019

Bergson (ATA) – 3 assistências;
Bruno Guimarães (MEI), Vitinho (ATA) e Christian (MEI) – 2 assistências;
Robson Bambu (ZAG), Plata (ATA), Bruno Rodrigues (MEI), Jaderson (ATA), Cirino (ATA), Camacho (MEI), Roni (ATA), Lucho Gonzalez (MEI), Khellven (ATA), Renan Lodi (LAT) e Matheus Anjos (MEI)– 1 assistência

OS MELHORES JOGADORES DO ATHLÉTICO-PR PARA SE ESCALAR NO CARTOLA FC:

Léo Pereira (ZAG) – Longe de ser apenas mais um rostinho bonito dentro de campo, o zagueiro até demorou, mas depois de alguns empréstimos e com a confiança de Tiago Nunes, acabou se firmando como peça mais do que importante para o Furacão. No ano, atuou em todos os minutos das partidas da equipe na Libertadores. É rápido, tem excelente recuperação e ainda aparece no ataque com rara competência. Na temporada passada, por exemplo, Léo Pereira marcou seis gols.

Jonathan (LAT) – Era um lateral muito ofensivo, mas com alguns problemas na defesa. O tempo no futebol italiano “corrigiu” o defeito, e hoje pode se dizer que Jonathan é um dos laterais mais completos do país. Cruza bem, aparece em finalizações de fora da área e, por atacar bastante no fundo, sofre algumas faltas. Sendo, além de uma posição boa visando SG, um nome com condições promissoras de oferecer pontos em outros scouts como FD e A.

Renan Lodi (LAT) – Talvez o melhor lateral em atividade no futebol brasileiro, Renan Lodi dispensa comentários. Completíssimo, oferece qualidade em todos os setores, faz gols, e mesmo que “defensor” no papel, é uma das grandes armas ofensivas do time de Tiago Duarte. Mais do que uma aposta, é uma das grandes certezas para ser escalado sem medo.

Márcio Azevedo (LAT) – Reserva de Lodi, deve jogar bastante no Brasileiro, já que o CAP é, frequentemente, um dos times que mais roda o elenco durante o ano. Mais que um lateral, Azevedo atua como praticamente um ponta, sempre muito intenso e vertical. Nos jogos dentro da Arena da Baixada, é uma excelente escolha, visando pontuação nos mais variados scouts.

Bruno Guimarães (MEI) – Outro “diamante” que o Athlético conseguiu lapidar, o volante é completo. Fez cinco gols no ano passado e já guardou dois neste, em apenas quatro partidas. Excelente passe para assistências, facilidade em chegar na área e muito eficaz em tiros de média distância.

Matheus Rossetto (MEI) – Um caso curioso, do que é de modo comprovado um excelente jogador, mas que parece não gozar de prestígio com o técnico. Atuou pouco, e sua escalação é condiciona a isso: ter sequencia. Caso apareça no Brasileirão, é sempre uma peça válida. Assistências, gols, batidas de faltas. Independente do momento, Rosseto tem sempre que ser considerado como boa opção.

Tomás Andrade (MEI) – Teve bom histórico de pontuação no Galo, e assim deverá se manter no Atlhetico. Canhoto bem qualificado, bate bem na bola, acha espaços improváveis no passe. Já fez um gol esse ano, em três jogos que disputou.

Rony (ATA) – Faltas, assistências e gols. O atacante oferece tudo isso. Dificilmente haverá na América do Sul inteira um atacante de lado tão rápido quanto o paraense. Chegou já no segundo semestre ano passado, vindo de um tempo inativo, e ainda conseguiu ser importante, com quatro gols e muita ajuda. Driblador, cada vez mais eficiente na finalização (considerado por alguns o seu defeito), é uma aposta ótima. Ainda mais agora, que pôde participar de uma pré-temporada bem consolidada.

Marcelo Cirino (ATA) – Mais um atacante de lado com facilidade para fazer gols. Rodado, é velho conhecido e dispensa muitas apresentações. Ainda não marcou em 2019, mas seus números gerais, considerando um “todo”, sempre são bons.

Nikão (MEI) – Esse não precisa nem de dicas. Já é um dos mais escalados costumeiramente. Bate falta, pênalti, tem um chute potente, faz gols, dribla. Nikão participará de mais uma edição do Campeonato Brasileiro pelo Athletico. Apesar de alguns clubes terem feito investidas para tirá-lo de lá, o meia-atacante seguiu firme no Furacão.

Marco Ruben (ATA) – Grande e badalada contratação do clube no ano, vem cumprindo com as expectativas, talvez até as superando. Hat-trick histórico na Libertadores contra o Boca JRs e de bem com a vida, num caso recente de amor junto á massa rubro-negra. A expectativa, é claro, é que Marco Ruben desponte também no Brasileiro e seja um dos grandes nomes do Campeonato. E, por tabela, do cartola.

Por: Wesley Silvali
Twitter: @Wesleysilvali

Beto Oliver

Joseense torcedor da Águia do Vale! São 9 anos passando raiva, porém o Cartola é mais viciante que batata frita com cheddar e bacon. Técnico do "Magnânimo Football Club Mamilo Azul". Faço também muita bagunça no Youtube, corre lá e SE INSCREVA!