O mercado fecha em:
Quero ser sócio

Como o Tropa de Elite Mix terminou 2015 em 13° do Ranking Nacional? Zicas, mitadas e curiosidades!

4 de junho de 2016 - Fernando Rennó
Como o Tropa de Elite Mix terminou 2015 em 13° do Ranking Nacional? Zicas, mitadas e curiosidades!

Salve, Salve Galera!

É comum antes do início da temporada escutar cartoleiros se gabando: “este ano não tem pra ninguém, serei campeão Nacional”. Mas a verdade é que, quando a temporada começa, a história é diferente. Quantas vezes escalamos aquele timaço visando os 80 pontos e, quando a rodada termina, não passamos nem dos 40. Pois é, amigos. Acontece. Cartola FC é difícil e, muitas vezes, decepcionante. Maaaaas… o bom é que são 38 rodadas: se for mal em uma, dá para se recuperar nas outras.

Portanto, se existe um conselho útil para quem joga Cartola FC é para não desanimar. O campeonato é longo e rodadas ruins acontecem com todo mundo, inclusive com o CartolaFC Mix. Ano passado, nosso time Tropa de Elite Mix (time do quadro “Tropa de Elite”) decepcionou em algumas rodadas, mas mesmo assim, terminou a temporada em DÉCIMO TERCEIRO lugar do ranking NACIONAL.

Aos haters que vão dizer que é mentira… nada melhor do que um print para provar XD

Obs: ao final da temporada, mudamos o nome do time para “Tropa CartolaFC Mix”.

tropa 2015 ranking

Muita gente se engana ao pensar que o pelotão da frente do Cartola FC mitou em todas as rodadas do Brasileirão. Não, amigos… a zica não poupa ninguém. Quer saber algumas do Tropa?!

– Paulo Victor foi um dos “Bons e Baratos” eleito para custar C$5,00. Assim, o Tropa não pensou duas vezes ao escalá-lo na primeira rodada. Resultado: -6 pontos. Mas como todo mundo merece uma segunda chance… o Tropa resolveu apostar em Paulo Victor de novo. Resultado? -6 pontos novamente. PQP! Se o Tropa tivesse escalado um goleiro nessas duas rodadas que só tivesse garantido os 5 pontos de SG, o time teria 22 pontos a mais. Pois é, galera. Mas não parou por aí. Com o objetivo de recuperar as cartoletas que ele nos roubou, resolvemos escalar Paulo Victor MAIS UMA VEZ. E o resultado… -6 pontos another fucking time! Depois dessa, #PauloVictorNuncaMais.

– Sem Paulo Victor entre as opções, o Tropa tinha opções de outros 19 times para escalar no gol. E o escolhido acabou sendo JORDIDA. Por quê, meu Deus? Por quê? Oh se a gente pudesse voltar no tempo. O infeliz, em 20 minutos, sofreu 2 gols e ainda foi expulso haha que desgraça!

– O Tropa de Elite estava TÃO ZICADO com goleiros que estava zicando também o quadro MURALHAS…haha. Alguém poderia imaginar que o goleiro titular da Seleção Brasileira, Alisson, faria -9,50 pontos no Cartola? Sim, poderia…kkkkkk

– Mas a zica não foi apenas com goleiros. Quem não lembra do MITO dos MITOS, VICTOR RAMOS?! Amarelo, vermelho, gol contra e -13,40 pontos pra “somatória”. Ó céus, ó vida…

– E quando escalávamos Jadson e quem mitava era Renato Augusto? Quanta raiva!!!

A verdade é que o início do Tropa foi triste. A zica atacou com tudo. Mas não desanimamos e, assim que a má fase passou, embalamos. Começamos a fazer algumas apostas ousadas que foram dando certo.

– Lembram quando o atacante Luciano em ótima fase se machucou? Muitos menosprezaram o faro artilheiro de Love. Mas foi só ele começar entre os 11 que o Tropa passou a apostar nele. E deu certo, muito certo!

– Outro jogador desacreditado em muitas rodadas era Lucas Pratto. Teve uma rodada em que o Galo ia enfrentar o Coxa no Couto Pereira, e o Tropa escalou o argentino. Ninguém estava apostando nele. Resultado: Pratto acabou sendo um dos melhores atacantes da rodada…

– E Ganso? Quantas vezes nosso time acertou com o Ganso? É, galera, acredite se quiser, mas Ganso nos trouxe muitos pontos.

– Saudades Fred, zagueiro, que nos deu pontos de cabeça, de falta….mais pontos que o Fred Cone haha

– E aquela alteração de última hora no time do Tropa? Faltando uma hora para o mercado fechar, bateu aquele sentimento de que tinha alguma coisa errada no time e resolvemos mudar o time do Tropa. Trocamos a “unanimidade” Marquinhos Gabriel por Dátolo. Até os 47 minutos do segundo tempo, a troca estava sendo seis por meia dúzia. Até que Dátolo cravou um gol aos 48 do segundo tempo… VAAAAAAI POOOORRA hahaha memorável!

Entre zicas e mitadas, o Tropa terminou o ano com 2299 pontos, média de 60,5 pontos por rodada. A menor pontuação do time foi na 8ª rodada, míseros 21,75 pontos, enquanto que a maior foi na 27ª, 107,64 pontos.

Então, que lição podemos aprender com o desempenho do Tropa no ano passado? É simples: o segredo para chegar ao topo do ranking Nacional não é mitar toda rodada, mas ser regular e manter uma boa média.

É isso, galera. Não deixem de acompanhar o CartolaFC Mix desde o começo do campeonato e chamem seus patos também para participarem dos nossos debates, afinal, a disputa precisa ser justa =)

TROPA DE ELITE MIX, não esqueçam esse time. Este ano, o objetivo é o TOP #1. Se cuida, Baiano, sua hora vai chegar!

Taaaaamo junto!

Fernando Rennó

Paulistano, Corintiano, maloqueiro, sofredor e escritor do Tropa de Elite. Se for fazer um churrasco ou uma mesa de poker, me chama que eu vou....perito em cerveja e chicas desnudas. Nao, pera...

Dicas