O mercado fecha em:

A Rotina de um Cartoleiro

O Brasileirão finalmente vai começar!  Com isso, o CartolaFC vai voltar e os cartoleiros voltarão a entrar na rotina. Quem é novo no game, não tem a mínima ideia do que eu estou falando. Quem já é um veterano, sabe que tudo o que está citado no texto abaixo acontece. Portanto, vai a dica: a […]

Postado em: 14 de abril de 2013
Atualização: 10 de julho de 2020
Autor:
Tempo de leitura: 6 minutos

O Brasileirão finalmente vai começar! 

Com isso, o CartolaFC vai voltar e os cartoleiros voltarão a entrar na rotina. Quem é novo no game, não tem a mínima ideia do que eu estou falando. Quem já é um veterano, sabe que tudo o que está citado no texto abaixo acontece. Portanto, vai a dica: a hora de largar é agora, rs.  Pode ter certeza que quem começar a jogar ou continuar jogando cartola, a partir do dia 26 de maio, todos os acontecimentos abaixo passarão a fazer parte da sua rotina.


Preparado? Confira a rotina de um cartoleiro:


Numa bela noite de sexta-feira:

“Rapidinho!”.


5 minutos depois:

“Já vou!”.

Mais 5 minutos depois:

“Eu já disse que tou indo!”.

Minutos mais tarde, você chega na mesa da sala pra jantar e a sua mãe, seu pai, seja lá quem for, já pergunta com um tom de raiva:

“O que é que você estava fazendo?”

Você olha pra um lado, pro outro e termina dizendo:

“Montando meu time no Cartola FC…”

O que para quem não conhece o fantasy ou não acompanha futebol é uma tremenda babaquice, mas até então tudo bem.

No sábado, entra no GE, dá uma passada no facebook, e lá está você no cartola fc mais uma vez. Vai no mercado, decide trocar um ou dois jogadores, e quando percebe, já mudou meio time. Enfim, o mercado fechou, seja o que Deus quiser. Agora o momento é de ir para a página inicial do CartolaFC e conferir o time de cada um dos seus rivais. Tem gente que até anota num papelzinho como uma forma de macumba para sempre lembrar quais jogadores ele tem que secar.

Minutos antes dos jogos, dá uma passada na cozinha, come alguma coisa e logo depois liga a TV, mas sem abandonar o computador, sempre de olho nos scouts ao vivo.

Começa o jogo. Você está lá, sentado no sofá, o jogador que você escalou está cara a cara com o goleiro e… chuta pra fora. Você solta logo um palavrão, vira pra pessoa que está do seu lado (em 80% dos casos, sempre vai ter alguém assistindo o jogo com você) e fala: “putz, se ele tivesse feito já seriam 8 pontos”. O cara nem sabe o que é CartolaFC e só dá aquela risadinha, como se estivesse entendendo, mas na verdade, está te achando um maluco pelo fato de você estar vibrando por um time que você odeia ou nem torce.

Assistindo ao jogo
Você tá lá, assistindo aquele jogo que por mais que esteja horrível, você não vai deixar de assistir, afinal, tem jogador seu em campo. Do nada, você escuta o “ééééééérrrr”. Reconheceu o barulhinho? Vai uma dica: não foi o cara que está do seu lado que se engasgou com o amendoim… saiu do computador.

Bem, é o barulhinho do Globoesporte. Sua mente já reconhece esse barulho como um comando. Você escuta, a pressão sobe, seu coração começa a bater mais forte e você vai em direção ao computador, falando bem baixinho: “gol de ‘fulano’, gol de ‘fulano'” . Na maioria das vezes, quando você abre a janelinha do jogo que você está acompanhando, não foi o cara do seu time que fez gol. Aí você continua olhando pra tela. Por quê? Decepção? Esperança do estagiário do Globoesporte ter errado o nome do jogador que fez o gol? Também, mas o principal motivo é porque você está esperando o Globoesporte dar a descrição do gol para ver se foi o seu jogador que deu a assistência.

Acabou o 1º tempo, o cara que você tem em campo não fez nada. Aí você já está meio nervoso, porém, sobe aquela esperança que algum jogador seu que está jogando outro jogo teve várias roubadas de bola ou senão sofreu várias faltas. Quando você entra no CartolaFC Mix para ver os Scouts ao Vivo, descobre que está se iludindo e que seus jogadores não fizeram nada. O nervosismo aumenta…

Vai começar a 2ª etapa. Agora, existem 2 possibilidades. Se o repórter falar que ” os times voltaram sem nenhuma alteração” é motivo de comemoração. Caso contrário, coração começa a bater mais forte. Quem saiu? Foi meu jogador? Se não, ufa. Se foi, bate uma raiva e uma decepção, algo maior do que você pode controlar, e a vontade que dá é de ligar para o técnico e mandar ele tomar naquele lugar que só ele gosta. 

Começa o 2º tempo! Agora são mais 45 minutos para o seu jogador “mitar”. Sua internet fica lenta e as atualizações no globoesporte começam a demorar. Aí, do nada, aparece aquela bolinha no lado esquerdo da tela da TV. O narrador fala: “e tem gol na rodada”, mas demora 30 segundos para anunciar em qual jogo foi e quem marcou. Quando ele vai anunciar, o cara que está do seu lado resolve falar. Você só solta um:

“Cala a boca aí, rapidinho!”

Termina que o cara anuncia e você termina não escutando. Aí você pega o computador e começa a atualizar todas as páginas dos jogos. E se foi seu jogador, meu irmão… é berro, grito, beijo na sogra, amendoim pra cima, choro de emoção, quadradinho de oito, volta olímpica na sua sala, enfim, cada um comemora do seu jeito, mas a emoção é igual, algo que só cartoleiro sente.

Quando acabam os jogos de sábados, eis as duas possibilidades:

1) Seus jogadores não fizeram nada e você já desanima – 70% das vezes. Neste momento, você cria uma regra: “só vou escalar, no máximo, 3 jogadores que vão jogar no sábado”. Mas a verdade é que você nunca obedece essa regrinha e continua se decepcionando nos sábados.

2) Seus jogadores arrebentaram, suas parciais estão lá em cima e tudo indica que você vai fazer, no mínimo, uns 80 pontos. Você aproveita o resto da noite, vai dormir e já acorda no domingo com uma coisa na cabeça: “hoje tem jogo!”. E tudo se repete…

Depois dos jogos de domingo, você fica naquela impaciência para o mercado abrir. Após assistir Fantástico ou Pânico na TV, você já pega seu computador e entra no CartolaFC, mas o mercado ainda está fechado. Cinco minutos depois, você atualiza a página e o mercado ainda está fechado. Não tem F5 que aguente. Você quer ir dormir, mas ao mesmo tempo, quer ver quantas cartoletas você perdeu ou ganhou. Muitos ficam na frente do computador, até meia-noite ou 1 da manhã, quando a equipe do cartola decide trabalhar. Porque tem dia que o negócio só abre lá para as 3 da manhã. 

Quando o mercado abre, você dá aquela conferida básica: olha quantas cartoletas ganhou/perdeu, olha o desempenho dos seus rivais, abre todas as suas ligas para ver a sua posição, monta um rascunho do seu time e vai dormir.

Então é isso amigos, o CartolaFC junto com o vício, cria uma rotina na sua vida. Como disse anteriormente, quem não joga e quem nunca jogou, acha o fantasy uma bobagem. Mas faça um cartola pra essa pessoa… aposto que ela vai ficar mais viciada do que você.

E você, vive essa rotina? Tem alguma história interessante para contar?

Gostou? Curta o post e compartilhe com os amigos através do Twitter.

POR FELIPE MELO

Um dos idealizadores do CartolaFC Mix. Soteropolitano, angolano, brasileiro. Louco por futebol e sempre de bom humor, afinal, um dia sem rir é um dia perdido. No cartola, comanda o Oloko Mito.